Os nossos amigos

segunda-feira, 31 de março de 2014

Uma aventura dos 5 ao Surf na noite do carabalo!!!

Olá amigos...

Mais uma grande investida a praia de um grupo com quem me dá muito prazer pescar. Prazer e paz, sim porque são dois conceitos que nem sempre conseguimos conciliar...

Durante toda a semana, eu e o Joãonumberone andávamos com vontade de ir novamente a praia, mas a incerteza do tempo estava a complicar-nos a vida e obrigou-nos a esperar até quase à última para podermos ir... Já na Sexta-Feira lá decidimos ir fazer mais uma noitada...

E conseguimos uma equipa de gradeiros de peso... Eu, o Guilherme, o Santos, o João e o Soares... Só gradeiros...
E foi assim, que tal como nos livros quando eu era criança, os 5 se lançaram em mais uma aventura...

Era 3 e meia da tarde quando saímos de casa rumo ao pesqueiro e sempre a bom rumo com apenas um pequeno desvio, chegámos rapidamente... Como isto sem gozo não tem gozo, lol... Eu e o Guilherme resolvemos ligar ao João e dizer que já tínhamos chegado a meia hora e que já tínhamos apanhado 7 robalos e para ele se despachar que era lançar e tirar... Bem... Se ouvissem o João ao telefone!!!
- " Fo....se mais o Soares, eu bem lhe disse para se despachar... Que granda piiiiiiiiiiiiiiiii!!!"

Eu e o Guilherme ríamos, ríamos... Bem só lá estando dava para ver...
Passados 5 mn. chega o João a voar... E nós a rir a espera... Estava na altura de ganhar fôlego... E bebeu-se um cafézinho antes de nos fazermos a areia... 40 minutos a andar até ao spot... Cada vez que me lembro do que ando no surfcasting, nos quilos que carrego, só me apetece desistir... Mas cada vez que agarro bem forte numa cana, cada vez que lanço, cada vez que simplesmente enrolo o carreto, esqueço tudo, e sinto que vale a pena...


Ao chegar ao local, ficámos assim divididos... João, Soares, Santos no meio, Guilherme e Eu na ponta oposta ao João.
O mar estava caído de mais para aquilo que eu gosto. Mas era o que tínhamos, as águas estavam verdinhas. Mas a praia em si, estava perfeita, funda, muito funda, por toda a praia os fundões eram aos magotes, o que me deixava esperançado em fazer uns peixes...



Comecei a montar a tralha, e já com o sol a perder força, as canas entraram na água, sempre a procurar encontrar a montagem perfeita... Umas mais curtas, outras mais compridas, e até uma rabeira foi tentada pelo Guilherme.






O pôr do sol chegava e estava cheio de fé naquele momento... Iscadas generosas de casulo, lula e caranguejo... Mas foi uma desilusão... Nem um toque, nem um peixe... 5 gradeiros, 0 peixes!!! Isto sim deixava-me um pouco desiludido, sem peixe ao pôr do sol, não era nada bom sinal!

Felizmente a noite foi mais nossa amiga... E logo de seguida apanho o primeiro peixe da noite, um robalo perto do quilo... Fiquei todo feliz... Até porque nos dois lançamentos seguintes faço mais dois peixes, duas bailas... Pequenas, devolvidas ao mar, para um dia as apanhar mais gorditas...









Do outro lado da barricada surgiam boas notícias, o João tinha apanhado um robalo quileiro e um sargo bom... A coisa parecia querer encaminhar-se...
Logo de seguida o Soares faz mais um sargo bom... Do lado deles o caranguejo dava cartas, do nosso, só mesmo o casulo... Nem tocavam no caranguejo...

Ao fazer o meu lançamento falcão, lá decidi finalmente me ir degustar com os maravilhosos hambúrgueres, e sem o pézinhos, posso sempre comer tudo a vontade... Enquanto comia vejo a minha cana bater... Mas estava a saber me tão bem que nem me mexi da cadeira, lol, e continuei, e ainda bebi um cafézinho do Guilherme e só depois é que fui agarrar na cana e lá assim que agarro, vejo logo ter peixe... Pelo caminho deu umas cabeças, sem correr, o que indicava ser um sargo... e na escoa com a sua força, deu me umas arrancadas... Um belo sargo, bem lindo...

Fiquei entusiasmando e fui logo chamar o Guilherme para ele agarrar numa das canas e ir pôr a esquerda das minhas, pois todo o peixe daquela zona estava a sentir-se naquele bocado.

E acertamos, logo no primeiro lançamento ele faz um doblete, um sargo de quilo e um robalo, embora este muito pequeno, servisse apenas para a foto, e fosse devolvido de seguida, quem sabe se daqui a uns anos não nos cruzamos?




Bem, a actividade prometia, e do outro lado o João faz mais dois peixes, dois robalos, e o Soares um sargo e um robalo... O Santos, é que não acertava com o momento... E teimava em não desgradar...

Fomos ter com ele para lhe dar uma força e para dar um dedo de conversa, sempre muito bom... A montagem do Santos, é que parecia mais uma feira de artesanato e ainda lhe disse para trocar, de montagem e de sítio, pois embora nada indicasse que estava a pescar em zona fria, a realidade é que ele nada tirava e devia tentar fazer algo... Mas ele quis insistir...
Fomos então chatear o João e o Soares que lá mantinham a chama e o Soares saca outro bom sargo...

Estava a ser uma noite estranha, quase sem picos, mas que se ia tirando um ou outro peixe, e de bom calibre. Tudo a correr bem... O João para não variar, faz da pesca um momento sempre único!!!
Ele a ver o Soares tirar outro peixe e no gozo a desdenhar o peixe dele, é um momento deliciosos, só ao alcance da doidice dele!!! Um must! Vale a pena presenciar os momentos que ele nos dá. É sempre a rir.

E lá voltámos para o nosso spot, e resolvemos ir ao 3 ou 4 café da noite, já nem sei quantos já tinha bebido a esta altura...

Olhámos para o relógio e estava na hora da nossa siesta, tínhamos combinado que se ia descansar um pouco para ter fôlego para o amanhecer... Mas quando nos tínhamos sentado, confortáveis, atrás do nosso chapéu que nos protegia do vento... Lá bate a cana da ponta, a que estava para aí a uns 2 km´s...

- Não vou lá Guilherme!!! Nem penses. Só se ele levar a cana ao chão...
- Epa tens que ir, foi na tua...
- Não vou, esquece!
- Epa vamos lá então... Vou contigo.

E lá me levantei, mesmo contrariado...

Assim que agarrei na cana vi logo ter outro peixe de bom tamanho, deu me uns safanões, e fui trazendo com cuidado... Na escoa novamente o momento de maior perigo, mas com calma aproveitei sempre a ondulação para nunca ser bruto, e tirei mais um grande sargo.

Do outro lado vejo o Soares e o João de canas na mão, e fomos la ver... Lá estava o Soares com mais um belo sargo e o João com o maior robalo da noite... A cara do sacana que era um misto de alegria com gozo... Só visto!!!



A famosa montagem do Chinês!!!



E lá fomos de novo chatear o Santos e provar o café dele, quando ele me diz que já tinha desgradado!!!

- EPA Santos, o que apanhas-te?
- Um robalito...
- HMMMM...

Pus a mão no saco por fora e sinto um peixe pequeno... Até lhe disse... Epa Santos, esse Robalo pa...

Mas... Lá fui beber o café e tornámos a dizer-lhe para mudar de sitio e tal... Mas ele nada... E lá ficou atrás de outro robalo...

Assim que fomos até as nossas canas, a do Guilherme dá um grande safanão, e era a da ponta de onde tínhamos vindo, lol, e eu disse-lhe... A tua cana tem peixe... E ele olhou e perguntou:
- Estás a falar a sério?
- Sim, mesmo, deu duas varadas bem fortes...

E era ver o Guilherme a sprintar pelo areal... E quando agarra na Sky Caster 33, disse logo ter peixe... Eu que fui a correr atrás dele, cheguei já ele estava a meio do combate, lololol!!! Epa, não gozem, eu ando em má forma, ahahah!!!



Já na escoa correu lateralmente duas vezes, e depois fui vendo ele a subir a muralha que aquele areal tinha até chegar aos pés do Guilherme, um grande sargo... A alguns metros o João sacava mais um robalo! Que grande pesca o gradeiro estava a fazer!

O dia começava a querer despontar e no meio da escuridão ao longe via-se um ligeiro toque de luz... Era a altura em que depois de uma noite em que nunca foi bom nem nunca foi mau, fomos apanhando peixe a vez e praticamente em todas as horas da maré, eu julgava que iam ser seguidos... Enganei me quanto ao facto de serem seguidos, mas, tornámos a dar com eles... E assim que a tal luz que ao longe se via... foi se espalhando, tivemos logo dois toques seguidos... Uma baila e um sargo pequeno devolvidos... E vai de iscar bem, era a altura de dar tudo...


Fomos fazer umas iscadas generosas de titas, casulo e caranguejo... E vai de lançar longe... Comecei a esticar a sério, não estava a sentir resultados perto, pelo que procurei pescar fora, na parte traseira da coroa de areia.

Os dentolas eram uns atrás dos outros...


E o Ceirão ia enchendo de raquetes !!!



Felizmente a coisa surtiu efeito e lá bateram 3 canas seguidas, foi ver eu e o Guilherme a correr e a tirar dois bons sargos, aliás tirando um dos sargos desta pesca, todos eram grandes sargos. Claramente a sargalhada deu a costa... Ao longe víamos também o Soares e o João com actividade, e deu para perceber que também tiraram peixe.

O espelho do ambiente deste grupo





Infelizmente aquele lusco-fusco dura minutos e com luz parece que desaparece todo o peixe...
Tempo para mais dois para a despedida, um bom sargo na Tournament caster e um peixe que me deixou muito feliz de ver... Fui lançar a XK muito longe... E depois vimos a cana bater, mas era tão longe, tão longe... Que não fui lá, lol... Mas o Gui foi, e em boa hora. Não tanto por ser um grande exemplar, mas pela surpresa que foi! O gajo chama-me e eu a dizer que não ia andar tanto... Ao longe ele ia insistindo, e eu percebi que ele tinha apanhado peixe, mas como tinha mirado a cana a dobrar e claro que a conheço, sabia não ser um grande peixe... Porque queria ele que fosse lá??? Tanto insistiu... Que lá fui...E ao chegar e ele tirar as mão atrás das costas... Que linda Ferreira! Tantos anos depois, das centenas que apanhei em criança na Ilha da Culatra tornei a poder ver uma ferreira ao vivo... Confesso que fiquei muito feliz, até porque a pescaria estava feita, com bons exemplares, e aquela surpresa foi deliciosa...






Agora era arrumar a tralha, respirar fundo. Novamente... Respirar fundo... Esperem... Novamente... Respirar fundo, e ir fazer a caminhada até ao carro... Calhou ao Gui num sorteio manhoso que fizemos ele carregar o ceirão com o peixe... eheheh... E desta vez foi o último a chegar ao carro... A cara de desespero dele...




Já com a tralha no carro, ainda fomos a tempo de uma foto de grupo... E foi aqui que surgiu a segunda surpresa da noite de pesca... Além da ferreira, ainda foi apanhado outro peixe mais esquisito... O Santos, vai ao saco e mete o peixe dele em cima da bancada... Eu olho para aquilo!!!

- Oh Santos... Mas onde é que está o teu robalo???
- Epa Filipe, era de noite e tal... Parecia um robalo!!!
- E ele brinda-nos com um magnífico Carapau que enganou todos nós durante a noite... Um carapau que de noite, foi sempre tido como um robalo. Mas se era um robalo que se transformou num carapau... Só pode ser um carabalo Santos!!! Foi uma risada entre todos a gozar com o carabalo do Santos... Ai ai... Já se confunde robalos com carapaus... 

O famoso Carabalo
Que de manhã é um carapau, mas que à noite parecia um robalo, ahahah!!!







Como tinha referido, antes de rumarmos a casa... A foto do grupo, tal e qual nos livros, juntos e unidos.
Mais uma aventura dos 5, ao Surf... Na noite do carabalo!!! Metade carapau, metade robalo, ahahah!

Ser surfcaster é duro, mas reconfortante. É muito bom poder conviver com os amigos durante a jornada.

A todos os presentes, um grande abraço, e obrigado pela boa disposição...




OS 5 AO SURF


Até breve...



Material:
Canas: Shimano Antares BX-I; Shimano Surf Leader;Shimano Super Aero Technium BX; Banax Bioceramic; Barros XK; Vega Hellion ( 3); Tubertini Twinflex; Daiwa prime Caster 33; Daiwa Sky Caster 33; Daiwa Tournament Caster 33
Carretos: Shimano Bull´s Eye XT ( 2); Shimano Spin Power ( 2); Shimano Aero Tehcnium XSB; Shimano Aero Technium XT; Shimano Ultegra CI4; Shimano Ultegra XSB (3); Shimano Super Ultegra; Daiwa Saltiga Surf
Linhas: Yuki Kenta; Asari G2; Sufix Duraflex; Vega Potenza Surf Tech; Awa-Shima S-missil; Yuki Orata; Colmic onda Mile/ Estralhos: Sufix 100% Fluorocarbono; Vega Power line 100% Fluorocarbono; Cormoura Revolution; Seaguar ACE
Iscos: Casulo; Bicha Branca; Caranguejo; Lula da arte; Choco fresco; Titas


Filiepc, Guilherme, Soares, João, Santos

12 comentários:

Manuel Oliveira disse...

Isso deve ter sido uma noite 5 estrelas! :)
E com uns peixes jeitosos, já para matar o chibo, ainda melhor!
A caminhada faz sempre bem, que é para o pessoal se manter em forma... Isto de pescar em frente ao carro, não tem piada nenhuma... LOL

Abraço e força com esses carapaus...

Joao Santana disse...

Grande noitada ,com belos sargos, parabéns pelo post, força ai e grande abraço para os surf 5:)

Pedro Franco disse...

Boas pessoal,
isso é que foi uma noitada, sempre na galhofa e com bom peixe a dar sinal.
Assim com malta dessas bem animada as longas caminhadas pelo areal fazem-se bem.
Mais um grade relato, como de costume.
Um abraço para todos e um especial para o Soares.

Anónimo disse...

Xiii amigo, que grande relato e que pescaria. Um gajo até se sente pequenino. Um abraço e parabéns por tudo, achei magnifico.
David.

Inácio disse...

Bem, que noite essa! boa companhia e essas quantidades de peixe são factores que devem no minimo fazer daquelas noites para recordar!
Parabéns ao pessoal ;)

Abraço!

Os Pescas disse...


Grande noite malta..:-) Parabéns a todos pela bela pescaria de surfcasting..:-)Valeu apena a caminhada..hehehe.
Como sempre um excelente relato sobre momentos únicos amigo...:-)

Um grande abraço para todos

Luís malabar

Os Pescas disse...

Olá Manel, foi uma grande noite, acima de tudo com grandes amigos. A caminhada foi dura, mas tudo se faz por amor. Abraço

Os Pescas disse...

Olá João, foi uma noitada de sargos XL. Foi muito bom. Abraço.

Os Pescas disse...

Comé Pedro, foi mesmo uma noitada daquelas. Esta malta é do melhor. Um abraço.

Os Pescas disse...

Olá David, obrigado meu amigo, é sempre com gosto. Abraço.

Os Pescas disse...

Pois é Inácio, a noite com amigos e peixe... O que podemos pedir mais... Um abraço.

Os Pescas disse...

Pois e Luís, este ano as poucas investidas a praia, tem valido a pena, grandes peixes, belas tecas deles. Assim vale a pena. Um abraço.