Os nossos amigos

sexta-feira, 1 de abril de 2011

Lingueirão

Lingueirão

São moluscos bivalves, que se encontram protegidas por duas conchas articuladas num ponto. Este é um isco muito utilizado em pesca de alto mar e surfcasting, e é um dos meus preferidos. Normalmente vou apanhá-lo pessoalmente com sal na zona do Seixal. Apanha-se normalmente em zonas (estuários de rios) de areia misturada com lodo nas marés vazantes 0,2-0,3-0,4... até 0,8-0,9. Existe á venda em zonas de comércio de peixe e de marisco, mas esses passaram por um processo de depuração de toxinas (Os bivalves, porque vivem nas zonas costeiras onde as águas são mais poluídas e devido á sua grande capacidade filtradora, podem acumular tóxicos presentes na água e ser causa de patologias digestivas, ou outras, por isso devem ser depurados para consumo humano) e não resultam tão bem nas capturas, como o apanhado sem depuração.





Família Solenidae
Solen marginatus Pennant

Nome vulgar: longueirão, lingueirão, navalha, faca.
Descrição: Concha direita, com sulco transversal próximo do bordo anterior.
Dimensão: 22 cm de comprimento.
Habitat: Infralitoral superior. Fundos arenosos ou arenovasosos. Estuários ou meios oceânicos de preferência abrigados.

Captura: Pode ser encontrado, nos estuários dos rios em zonas de mistas, mas também se pode encontrar nas zonas oceânicas.
Encontra-se enterrado na areia formando a sua marca uma espécie de oito, e é dentro desse buraco, depois de identificado, que colocamos o sal. Espera-se, e o marisco vem deitar o sal fora, pois não lhe é agradável. Nessa altura devemos agarrar e retirá-lo cuidadosamente de forma a trazê-lo inteiro.

Conservação: Os melhores resultados obtêm-se pescando com ele vivo, logo a sua conservação torna-se fundamental.
Podem ser mantidos dentro de água do mar, num recipiente, mudando a água várias vezes, ou utilizando um oxigenador a pilhas, que por sua vez alimenta de oxigénio a água do mar onde eles se encontram mergulhados. Peixe grande porte, se lá andarem, não aguentam ver uma iscada de lingueirão vivo aberto na hora.

Os lingueirões de compra costumam vir acondicionados em elásticos. Não retirem os lingueirões dos elásticos, pois este acondicionamento é fulcral para eles se manterem vivos.
Quando apanharem, também devem usar um elástico de forma a ficarem juntos num molho.
Podem também ser congelados, de forma a se pescar em qualquer altura.
De notar que o lingueirão deve ser congelado para futuras pescarias da seguinte forma: Junta-se os molhos com elástico e envolve-se em papel de prata de cozinha, e congela-se assim vivos. Quando se volta a utilizar e se descongela está muito bom para pescar, embora nunca seja a mesma coisa, mas obtêm-se muitos bons resultados. Depois de ter sido congelado uma vez, as sobras devem ser descascadas se quiser aproveitá-las, se não tiver um cheiro muito mau, junte-lhe açúcar amarelo (conservante) generosamente e volte a congelar.


Técnica de pesca mais frequente: Pesca Embarcada, e Surfcasting. Também se usa na pesca à bóia.
Espécies Alvo: Douradas, Ferreiras, Pargos, Bicas, Sargos, Besugos, Robalos.

Dificuldade de captura : Média/Fácil

Venda ao público: Vendem-se em Supermercados, e em lojas de pesca.

O que mais aprecio: Vivo é um dos melhores iscos de pesca para exemplares de porte.
O que menos aprecio: O cheiro intenso torna-se desagradável. O preço do quilo chega a rondar os 10 euros.

Iscagem. Deve-se retirar da casca e tirar o miolo. Para melhor apresentação usar uma agulha e fazer o isco passar até à linha. Usar o fio de nylon para garantir uma melhor iscagem e acondicionamento.
Pode ser iscado com casca, sendo que nesta técnica devemos utilizar a técnica de dois anzóis, um dentro do Lingueirão, e outro na parte de baixo, ou mesmo ambos dentro da casca. Depois fecha-se e ata-se com o fio de nylon.

16 comentários:

Rui Salvaterra disse...

Boa! Recentemente tive a oportunidade de pescar com o referido Lingueirão, foram inúmeras as vezes em que apenas vinha o nylon à volta da linha e nem isco, nem peixe. Penso que isso se deve ao facto de ser peixe-miudo visto que sentia alguns toques. Certamente se for peixe maior irá abocanhar a isca na totalidade incluído o anzol, penso ser essa a razão.
Um abraço e obrigado.

Os Pescas disse...

Boas Rui. Sim provavelmente esse foi o motivo. Mas o Lingueirão é mortifero para sargos e douradas. Em zonas de pedra então é do melhor que há! Abraço.

Dfilp disse...

Outro excelente artigo.

Gostava de saber se será possivel saber onde posso apanhar?
Há cerca de 10 anos atrás lembro-me de apanhar na Ponta do mato. Cheguei a apanhar várias vezes para comer. Mas depois estive uns bons meses sem ir apanhar, quando lá voltei não apanhei nem um. A minha pergunta é se há épocas melhores para apanhar o ligueirão, ou se tanto faz?
Ainda se apanha por lá? Julgo que no lado do Seixal/Amora não haja. estou certo?

É um isco que aprecio muito, no entanto com o seu preço elevado, muitas vezes não uso por isso mesmo. Mas se poder apanhar a história é outra. ;)
Obrigado.
Cumps.

Dário

Os Pescas disse...

Olá Dário, infelizmente o lingueirão que tanto existia na Ponta dos Corvos quase que desapareceu desde a chegada da ameijoa que mata todos os outros bivalves.
O lingueirão existe no Barreiro e aqui na zona pouco mais... A menos que exista algum sitio que eu desconheça e tenha.
Na Ponta dos Corvos existe sim, mas pequeno e muito raro.

Dfilp disse...

Ok, é uma pena..
Mas obrigado na mesma pela resposta.

Li algures que na zona da ponte Vasco da Gama haveria, mas sinceramente não me lembro em que site li, nem se a mensagem era actual ou se já tinha alguns anos.
De qualquer das formas já fica um pouco longe.

Parece que quando quiser usar terei mesmo de o comprar..

Abraço!

Anónimo disse...

Ola boa tarde,
o meu nome é José e sou mariscador na zona de Aveiro.
Se estiverem interessados eu vendo lingueirão, a 5.5€ o kg, que dá mais ou menos 60 navalhas (aqui chamamos navalhas). Envio para todo o pais pedidos minimos de 15 kg zona de Lisboa/Figueira e Norte e 20kg Alentejo e Algarve.(portes incluidos)
É apanhado com sal, e garanto que se aguenta vivo 4/5 dias.
Tambem vendo casulo a 2.25 pacote com 20 casulos, super fresco, aguenta cerca de 6 dias.
Contacto : algaviva-aveiro@live.com.pt

Vitor Dang disse...

Meu nome Vitor Dang.Boas para apanhar o lingueirão vá junto do clube naval do Barreiro,são ás dezenas de pessoas a apanhar não só para a pesca como também para consumo próprio.

Anónimo disse...

Olá,ouvi dizer que dá para apanhar canivetes com uma vareta de um carro é verdade?

Anónimo disse...

Olá,ouvi dizer que dá para apanhar canivetes com um vareta de um carro é verdade?

Os Pescas disse...

Sim dá, e é muito rápido embora os partas um bocado. É proibido sim, mas...

vasco correia disse...

A técnica de apanhar com vareta ( o nome correto é adiça) mata o lingueirao pelo que apanhado com sal é mlhor tanto par pesca como para comer.

PEDROKAS ALEX disse...

OLÁ
PARA QUEM PERGUNTOU ONDE SE APANHA EU HOJE APANHEI MEIO BALDE DELES NA ZONA DA PONTE VASCO DA GAMA MESMO POR BAIXO DA PONTE
NA ZONA DO SAMOUCO E ALCOCHETE AINDA SE APANHA MAS MUITOS SÃO PEQUENOS

PEDROKAS ALEX disse...

OLÁ A TODOS PARA QUEM PERGUNTOU ONDE SE APANHA
HOJE APANHEI NA ZONA DA PONTE VASCO DA GAMA
SAMOUCO E ALCOCHETE AINDA SE APANHA ALGUNS COM SAL BURACO A BURACO MUITOS SÃO PEQUENOS MAS BELO PETISCO BOA PESCA A TODOS

PEDROKAS ALEX disse...

OLÁ A TODOS PARA QUEM PERGUNTOU ONDE SE APANHA
HOJE APANHEI NA ZONA DA PONTE VASCO DA GAMA
SAMOUCO E ALCOCHETE AINDA SE APANHA ALGUNS COM SAL BURACO A BURACO MUITOS SÃO PEQUENOS MAS BELO PETISCO BOA PESCA A TODOS

Anónimo disse...

Boas! Existe algum tempo do ano específico para a apanha do lingueirio?

Os Pescas disse...

Apanha se todo o ano, mas na primavera/verão tem maior quantidade.