Os nossos amigos

sexta-feira, 29 de maio de 2015

( VÍDEO) Se não é corvina o que é??? Estamos no TEJO porra!!!

Uma curta investida ao vinil no Tejo e só para vos fazer sofrer enquanto os relatos vão sendo terminados... Se no Tejo estamos ao vinil e não é corvina...

Só pode ser...




Pois o fantástico TAMBORIL DO TEJO!!!


Até breve... Com outro tipo de capturas...

quarta-feira, 27 de maio de 2015

Os melhores Vinis/amostras para as Corvinas

Boas.



A escolha dos vinis para as corvinas dividem muito os pescadores.

A escolha é diversificada e não é simples escolher apenas uma ou duas cores... Confesso que estou distante da ideia de alguns pescadores da praça que acham que as cores nunca interessam, a melhor cor é a que passa a frente dos peixes... Hmmm... 



Sabem, normalmente esses pescadores são dos que mais passam tempo a escolher as amostras e que raramente aceitam comprar uma a toa. Sabem sempre ao que vão!!! Curioso.

Também estou longe de achar que o Tejo por ter águas barrentas praticamente todos os dias, ou a visibilidade ser muito baixa, a cor ser indiferente. Para mim a cor interessa, a cor é claramente um factor que pode fazer a diferença. Agora, o que pode alterar são as zonas, consoante os respectivos fundos, comedia, luminosidade e tipo de habitat. 

Existem aspectos que podem alterar e muito as cores, mas de uma forma geral vai se tentar deixar as cores predilectas nos últimos anos. Só para as corvinas. Na realidade um dos aspectos que me faz ter toda a convicção que as cores interessam é que a cor que mais robalos me deu até hoje no Tejo, praticamente não apanha corvinas, comparando com outras cores... Assim como as cores mais fortes as corvinas não dão grandes resultados ao robalo. Existem duas excepções, no resto pouco coincidem.



O que está em discussão neste tópico não é de forma alguma outros aspectos, aqui apenas se está a escolher algumas cores e formatos que acredito serem boas e que vos ajudem a garantir algumas capturas.

Tendo em conta quer vinis articulados, quer vinis fixos, fica um TOP dos Vinis que mais gosto e que mais confiança deposito. Deixo um top de 10 escolhas para vos minimizar os gastos. Acredito que para muitos possam existir outras cores, mas para quem começa pode acreditar que estas funcionam.



Também espero que entendam que tenho as minhas preferências, mas acredito que dentro destas cores, outros vinis de outras marcas podem funcionar bem...

Por fim não escolhi as cores por ordem, pois todas dão boas capturas.

Divirtam-se e sejam felizes...



TOP 10 CORVINAS:

- Savage Sandeel


 - BM KAKI


- Storm DON

- Lunker City 143 - ATOMIC CHICKEN

- BM VERT/ORANGE

- Lunker City 169 - METALLIC CARROT


- FIIISH CRAZY SAND EEL PINK


- Savage Lemon Back 

- Lunker City 056 - BUBBLEGUM ICE

- Savage PINK



Espero que vos ajude...


OSPESCAS



segunda-feira, 25 de maio de 2015

( Bóia) Sargos com ralos

Boas, 

Meses de interregno a fazer outras pescas, fizeram-me perder um pouco a pica, de uma pesca fabulosa, em que estamos em contacto directo com o peixe...

Tenho sido muito feliz a praticar esta modalidade. Apesar do pouco tempo que disponho, sempre que posso, lá vou eu...

Esta pesca, começa na Sexta de tarde quando um amigo me veio dar uma dádiva... E eu guardei-a muito bem...
No Sábado, estava cheio de dores nas pernas e a recuperar de uma gripalhada, mas tinha muita vontade de ir a pesca, e assim que saí do trabalho fui direitinho a casa comer qualquer coisa e sentei-me no sofá... Olhava para a parede e pensava se ia, se não ia... Olhava para o isco...  E enquanto comia uns cereais, decidi montar a cana em casa... e lá fui...

Cheguei por volta das 3 horas e o pesqueiro tinha alguns pescadores, não muitos...Ao chegar vi que o pessoal estava meio desanimado, pois o peixe não colaborava, mas enquanto fiz o estralho, vi sacar um bom sargo... E animei... Isquei com camarão... e nada... Perdi um estralho, e como estava um pouco de vento, sentei-me a empatar um anzol e fui olhando o mar, e decidindo em que zona ia pescar e a que profundidade...

Entretanto dois dos quatro pescadores foram-se embora e o espaço ficou mais amplo. Desta não pesquei onde costumo fazê-lo, o mar nessa zona, estava demasiado aberto e pouco espumado... Resolvi pescar fundo, para tentar chegar aos buracos e isquei com a arma secreta... E vai de Sargo... E a seguir outro, e outro, e outro, e... e... Bem, a coisa foi sendo composta, os sargos não sendo o que eu procuro, eram de um tamanho bom, o que me alegrou... Foram chegando pescadores, e um deles muito desconfiado, andou a tentar ver o que eu estava a iscar... E ia-me atirando para o ar... e eu ria para dentro e pensava " Mas porque é que ele não me pergunta o que eu estou a usar que eu respondo...". E após ele ter novamente tentado acertar, eu disse-lhe... Estou a apanhar os sargos com ralos... E ele disse " Ah pois... Com esse isco também eu"... E ri-me claro...


 Bem, o mar escureceu, apesar de ser contra natura ao facto de o vento ter caído e o mar ter ficado um espelho... Mas a verdade é que escureceu, e apostei forte nos ralos... E foram sargos a seguir a sargos, o pessoal do pontão também sacou peixe, mas quem tinha ralos fez a diferença, capturando peixe, atrás de peixe.



Felizmente e porque fui sozinho, apareceram alguns conhecidos, pessoal porreiro com quem fui falando e fomos todos nos divertido, trocando de lugar, experimentando aqui e ali, tudo em harmonia. Foi muito bom. Um abraço para eles.

Já deviam ser cerca das 7 horas, quando me terminaram os ralos, e aí... Tive que optar pelos iscos que tinha na mala... O camarão foi o escolhido e ainda apanhei mais uns 5 ou 6 com este isco, isco que raramente uso, pois não é dos meus favoritos... Mas na realidade o peixe estava a pegar bem, e ainda perdi um bom peixe, que rebentou numa arrancada apenas o 0,235mm. Paciência...

Já com a saca cheia, resolvi parar e experimentar o isco rei desta zona, o caranguejo, e estive mais de uma hora a insistir e apenas tive uma boa arrancada, mas não o ferrei. O peixe não está ainda com aquela loucura deste isco... Mais uns dias... Há que ter paciência... Para já foi muito bom...


O pessoal arrumou todo a tralha e fui o último a arrumar, enquanto aproveitava para admirar o magnífico pôr do sol, num final de tarde, quente, muito quente... Como há muito merecíamos... Que saudades desta pesca...

Em casa ainda tirei a foto a uns quantos só para ficar o registo...




Adormeci a ver a bóia a afundar... Foi uma tarde espectacular, com muito peixe, com muita pica...


Até breve, vão ver que sim...hehehe!!!


Material:
Cana: Vega Frenetika 6 mt.
Carreto: Sakura Alpax 4000
Linhas: Seaguar Ace; Máxima 100% Fluorocarbono
Iscos: Camarão; Ralos, Caranguejo

Filipepc