Os nossos amigos

domingo, 12 de agosto de 2018

( SURFCASTING) SÓ PARA MATAR O BICHO...

Boas.


Semana comprida e sem fim...

Cansado, massacrado, e com necessidade de ir ao mar... Bem, de ir fazer uns lances ao surfcasting...

Depois de falar com a malta eis que conseguimos ir um pouco na 6ª feira. O problema eram as aguagens e o mar que não deixavam pescar em lado (quase) nenhum... Lá vimos uma aberta num pesqueiro e fomos...

A ideia era fazer a praia mar, pois com as aguagens altas ( 15), era complicado pescar com pouca água.

Ao chegarmos ao pesqueiro nunca, mas nunca tinha visto ali tanta gente... O povo foi obrigado a se juntar todo. Fizemos mais de 2 km´s de praia até desistir e voltar para trás. Os pirilampos não tinham fim... Ver tanta luzinha na praia até me dava vontade de rir, mas não me importei nada e a malta também não. Com muita calma, pois era só para fazer 3/4 horas de pesca coisa rara ao surfcasting lá ficámos no inicio dos pescadores longe das melhores zonas, mas... enfim, era o que havia.

A primeira ideia que senti na praia muito rasa era que com a maré a subir íamos ficar muito longe dos fundões pois eram muitos metros de praia sem qualquer declive.


Lanço a 1ª cana com americano e vou montar e pimba lá para dentro, a 2 cana foi com bibis, o isco que mais peixe me tem dados no ultimo ano. Resolvi só pescar com 2 canas devido ao spot ser muito raso e isso obriga a mais trabalho fisico.

Logo de seguida a minha cana tinha batido, eu já tinha reparado mas não ao longe não via a linha de lado e assim que segurei percebi ter um sargo. Cabeçadas, principalmente sempre que se afrouxava um pouco ao recolher... Deu alguma pica. Um belo sargo, gordo, gordo...

Fui logo iscar de novo e lá foi outra para dentro...

Estava a preparar a iscada, e vejo novamente a mesma cana a bater e lá corri... Assim que agarro um peso maior, e cabeçadas. Outro sargo, este correu um pouco nas escoas fortes e deu me gozo. Com calma fui trazendo um belíssimo peixe. Parecia uma bola de tão gordo que estava... Assim dá pica.

Lindos peixes. Dois, mas bons.

Isquei novamente e pimba para dentro...

A primeira hora foi compensadora, não que tivessem saído monstros, mas saiu peixe, e ao menos estáva entretido. A cana até ficou virada para trás... mais um devolvido que foram uns 15 a 20 peixes. Bem, continuei a trocar iscadas, mas o mar galgou e passou a varrer tudo... Eram metros atrás de metros e as aguagens não perdoavam... Com aquela cota de água já elevada julguei que pudessem aparecer uns peixes pois o mar estava bonito... Mas foi tudo ao contrário... A praia mar trouxe actividade zero. Nada de nada. Nem se sentia as canas a mexer, as iscadas vinham e iam...

Quando voltei para trás vi a minha linha um pouco caída e lá fui agarrar... Ao puxar percebi que vinha algo mas tão pouco que percebi ser pequeno... E passados muitos anos, num anzol hayabusa 2/0 vem um peixe aranha minúsculo... Incrível.

E já a maré vazava bem, entrei o mais dentro que pude e fui tentar dar com o buraco... Não deu nada demais, foi mais uma baila pequena, mas foi so para confirmar a percepção que fiquei nestas horitas...

Devido a praia ser muito areada, embora se sentisse o fundão ao recolher quando chegamos à realidade é que ali se iria fazer mais peixe com a maré com pouca água pois podía chegar a frente e lançar para o fundão. Com água, fui obrigado a recolher e ficar muito distantes dos fundões e como o peixe não entrou pelos vistos ali na água rasa, nada a fazer...

Lá arrumei a tralha e demos por terminada a pesca... Nada de mais, valeu pelos bons sargos, e por passar umas horas com os amigos, isso ninguém nos tira... Amizade e boa disposição acima de tudo...




Um grande sargo safou uma pesca maioritariamente de devoluções...

O Verão é mesmo assim na minha zona...


Resta ir as douradas a ver se como no passado safo algumas...

Abraço malta e até breve...

Material:

Canas: Vega Elite, Vega Potenza Legend, Cinnetic Black Star ST

Carretos: Shimano Bull´s Eye ( 3)

Linhas: Cinnetic Sky Line, Vega Red Power, Vega Power Zone, Sufix 100% fluoro, Vega Super Tech fluoro

Iscos: Americano, Casulo, Caranguejo, bibis


FilipePC


terça-feira, 17 de julho de 2018

( SURFCASTING) MAR ARDIDO... SERÁ SÓ ESSA A EXPLICAÇAO?

Boas.

As saudades de ir a Costa Vicentina eram enormes, este ano fiz por lá 5 ou 6 pescaria e todas foram de qualidade... Desta decidimos mudar de praia, mas apostámos numa que tinhamos a noção que era uma boa aposta... Em teoria é tudo bonito claro!!!

Combinei com o João e lá fomos directos ao pesqueiro, uma hora e meia de caminho e estávamos lá... Ao chegar ninguém a pesca, apenas uns surfistas, mas já eram perto de 7 da tarde e foi o tempo de armar as canas... O mar estava brutal, fizemos uns laçamentos para ver o comportamento do mar e reparámos alguma corrente lateral e também que se ficasse lá muito tempo ia arear muito... Talvez naquela praia estivesse mar demais... Uma pessoa não conhece a praia bem... Noutra praia das que conheço, diria que estava top, mar bem mexido, muito espumado com várias sequências de ondas, mas sem serem abusadas.



Tínhamos os iscos quase todos menos americana, e estávamos bem preparados para uma noite de glória... Estava mesmo cheio de fé...

Devido ao estado do mar comecei logo com pirâmide de 130 e 140, consoante a cana, mas tive que mudar, para 150 gramas... Mesmo assim, corria um pouco... O dia começava a baixar o sol, e sentimos actividade de rataria...




O João tira, um sarguito, devolvido, eu tiro outro, devolvido, ele passados alguns minutos tira outro, e eu na cana da ponta tirou outro... Iscos ratados, peixe tudo devolvido, mas era um sinal importante, estando de dia, quem sabia... Gosto quando é assim, normalmente dá peixe...

De seguida, o João tira um peixe que nunca tirei, uma Palmeta... Que peixe bonito, também devolvido, como é óbvio...




O sol tinha se posto e o dia começava a escurecer, quando o João tinha a linha caída e corrida, e agarra na cana e começo a ver a Sky vergada e pimba, um belo sargo. Bem ficámos entusiasmados, pois com actividade e com o mar assim batido, mesmo estando difícil estávamos mesmo com esperança no dia em si... A noite pôs se, eu estava sedento, olhava para todas as canas à espera de um movimento, de uma linha caída, de uma grande pancada...
Algo não se alinhou nos astros... Os minutos passavam, as horas passavam, a maré já ia pert da reponta já eram 11 e tal e nem um toque em 5 canas... Nada, os iscos iam e vinham... Sentia me mesmo triste... Mas o que estávamos a fazer mal? Trocava de iscos, trocava de montagens, mais acima, mais abaixo e nada... O Numberone entretanto adormeceu lá para a meia noite e tal... E eu passei a tratar das 5 canas, trocava iscos, trocava montagens, umas areavam tinha que fazer tudo de novo... Epa que tristeza... E nada... Os iscos iam e vinham...






Nisto estou a andar pela areia e dou um pontapé na areia e eis que tudo se clarifica para mim... A areia ficou uma árvore de natal, eu comecei só a passar o pé e aquilo só filmado... Às vezes apanha se um pouco de ardentia, mas assim, acho que nunca tinha apanhado... Era impressionante, o areal ficava um candeeiro grande, aí sim, disse para mim... Chega!

Imagino que alguns me vão dizer que já fizeram boas pescas com ardentia... Acredito que possa acontecer, posso vos dizer que os meus primos são profissionais e quando está ardentia não saem ao mar, e que eu já apanhei umas 10 x uma ardentia forte, não tanto como nesta noite mas muito, e fiz 9 péssimas pescarias e 1 satisfatória... Não fiz até ao dia de hoje nem 1 boa pesca com muita ardentia...

Eram uma meia e chamei o João, mostrei lhe o areal, e ambos decidimos que para estar a sofrer não valia mesmo a pena... Arrumámos o material, e rumámos a casa...

Na minha cabeça foi a ardentia, pois numa praia tão boa, com um mar tão bom para o Verão, que é raro, é inacreditável como em 5 canas nem uma tira um peixe de noite...

Viemos em amena cavaqueira, aceitámos a derrota nesta pescaria... Foi a 1ª má pescaria na Costa Vicentina este ano... Acontece... Há que saber perder... Não desanimei, e já estou pronto para mais...

Malta, até breve e boas grades!!!

Um abraço.










Material:
Canas: Vega Metallica, Vega Potenza Legend, Vega Blazer Surf, Daiwa Sky Caster hybrid (2)
Carretos: Vega Hurricane, Shimano Kisu competition, Shimano Fliegen, Shimano Surf Leader 35 (2)
Linhas: Vega World Champion, Vega F-TECH, Sufix 100% Fluorocarbono
Iscos: Casulo, Caranguejo 2 cascos, Titas, Lingueirão, Bomboca, Ganso Nacional



Filipepc, Joãonumberone