Os nossos amigos

quarta-feira, 13 de junho de 2018

( BÓIA) MAIS UNS MACACOS EM ANO DIFÍCIL!

Boas.

Não tem sido um ano famoso de pesca à bóia na minha zona... Longe de anos aureos e grandes pescarias com dezenas de exemplares... Este ano até a data fiz 2 pescas acima da dezena, o que é manifestamente pouco... A maioria dos dias que fui, e foram bem menos do que em anos passados, a actividade foi a espaços, peixes muitos sofridos, águas a maioria das vezes lusa, mas tenho que ser sincero, até com água mais tapada e espumada não tem sido famoso... Houvem se explicações distintas... Foi o ano chuvoso, é o mar luso, a praia está areada, as redes são cada ano mais e mais, o tempo não aqueceu de forma consistente... Bem, são tantos os motivos que não sei qual terá tido mais influência, mas a meu ver todos conjugados fazem deste ano a realidade que tem sido... Pescas sofridas, alguns bons exemplares, mas muito menos peixe, e pouquíssimos dias de actividade frequente...



Pois bem, para se ir aos sargos como eu gosto, há que ir aos "cangarejos", e lá fui eu no dia anterior e ali em 40 minutos apanhei o suficiente para 3/4 dias de pesca... Na madrugada seguinte lá estava eu a caminho, já com um monte de anzóis empatados, pois não gosto de o fazer no momento de pesca nesta modalidade...






Ao chegar, a desilusão do costume... Mar aberto, luso, praticamente sem espuma... Só de olhar fiquei deprimido, só de olhar percebi que ia ter mais um dia sofrido!!! Mas a muito que na vida e na pesca aprendi que se tem que jogar com o que se tem... E portanto era com aquele mar que eu tinha que fazer o gosto ao dedo...

Como referi apenas levei caranguejo e batata e nem apostei em mais nada sem ser no caranguejo, cada vez tenho menos paciencia para estar ali na rataria, e mesmo assim ainda se tiram uns peixes pequenos, imagine se com iscos moldes...  Neste pesqueiro, por esta altura do ano, o caranguejo ainda é o que safa uma pescaria.

Como sempre ali pesco de 0.23mm. a 0.26 mm... Muitos que pescam noutros locais e bons sargos questionam por vezes o porquê de se utilizar diametros destes, o porquê de não se usar um 0.18mm., 0.20 mm.

...


Pois bem, é simples, se usarmos esses diametros, num pesqueiro com correntes muito fortes, normalmente sem espaço para se trabalhar um peixe, o provável é perderes o peixe. Existem spots em que se pescam sargos iguais e maiores, mas onde a facilidade de se trabalhar um peixe é muito maior, sem grandes correntes laterais que varrem a bóia em segundos. O caso está mais do que estudado, pescamos assim, porque é assim que temos que nos safar...

Caranguejo na água e bóia a trabalhar... Parecia um navio a pairar sobre o tejo, esbelto e tranquilo... Peixe? Qual peixe?

Este ano praticamente só se tem tirado peixe perto da reponta e vazante... Ao contrário de anos onde a qualquer hora se podia ser feliz... Entendam que para aqueles que conhecem pescam, e vivem com gosto o sítio custa mais... Não se está habituado. Quando não estamos habituados a algo na vida, custa mais. Doi mais. É mesmo assim...

O dia em si continuava na mesma, fiz 2 peixes devolvidos, dois sargotes secalhar nem de palmo... E sentei me no panier. Para verem, eu não me lembro em anos de me sentar a pescar a bóia ali, este ano acho que passo mais tempo ali sentado, a pensar na vida, a espera de ganhar mais força para mais uns lançamentos... Tem sido outra forma de viver, de estar lá, de viver... Também é bom. Acreditem, se souberem contemplar tudo, sem pensarem só no peixe, sem se deixarem cegar pela infinita ganância de mais e mais, acabam por conseguir encontrar um pouco de paz, de prazer... E sou feliz mesmo assim, sorrio mesmo assim, vivo mesmo assim.

Sinto me realizado comigo por conseguir diferenciar a vontade que tenho em procurar bom peixe de ter que o apanhar sem qualquer outra hipótese... Cada vez sinto que vivo mais e melhor a pesca em si. Cada vez me sinto mais adulto neste desporto. O resto pois, vai acontecendo, de forma natural...

Julgo que já me tinha sentado umas 2x, até que a maré já perto da reponta me fez descer ali uma pedra para fugir a malta do corrico, e tentar pescar mais a Sul...

E fez se finalmente luz... ZZZZZZZZZZZZZZ, peixe ferrado corrida lateral já forte, peixe bom a rebater se... A cana excelente a amortecer as pancadas, eu só tive que esperar e ir recuperando até fazer o momento do içar o peixe. Simples. Um macaco. Continuei com a esperança em alta, e lá fui eu novamente ao mesmo cantinho procurar um irmão e ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ, e lá foi de novo, bóia no fundo, peixe a a lutar bem, cana a trabalhar e peixe a seco... São tão raros estes momentos que tenho que aproveitar. Insisti e fiz ali mais 2 ou 3 peixes, esses devolvidos e depois a actividade baixou.

Parei mais um bocado, desta para comer qualquer coisa e beber água... Já tinha pouco tempo pois tinha compromissos e lá decidi fazer mais um forcing, e ainda deu para sentir mais dois peixes para se juntar a conta...  Não foi nada demais, continuo a dizer que tem sido longe dos últimos anos, mas deu para safar a coisa e trazer uns peixes. Já deu ara mim, para a mulher e para um casal amigo fazermos uma jantarada...

Ainda espero por dias melhores, para já tem sido pescas em que em cerca de 4 horas se tiram entre 5 a 10 peixes, traz se 2 a 5 peixes e já não e mau...

Antes de me ir embora ainda fui comer uma bolinha de berlim, e depois lá fui aos compromissos...

Ainda devo fazer umas pescas até final da temporada, pode ser que melhore, se não melhorar, há que ter calma, é mesmo assim...

Um abraço a todos e até breve...







Material:

Cana: Vega Blazer Float 6 mt.
Carreto: Sakura alpax
Linhas: Vega Braid 8x, Vega Super tech 100% 0.245 mm.
Iscos: Caranguejo


FilipePC

quinta-feira, 7 de junho de 2018

CORVINA COM 33 KG., PELA BOCA... O VÍDEO

Boas, numa altura em que só se fala de ripping, que é a pesca ao esticão das corvinas com muitas fateixas e zagaia, aqui fica um vídeo de uma de 33 kg. capturada pela boca, sem espinhas... Num dia em que sairam 4, num dia para recordar!!!

Deixo vos o vídeo, espero que gostem... 8 minutos de prazer!!!




Momentos!!!

Perdoem me mas não me apetece fazer nenhum relato, fica só o vídeo...