Os nossos amigos

quinta-feira, 19 de outubro de 2017

CAMPEONATO DE SURFCASTING GANG - O FINAL


O FINAL

Boas pessoal, o Campeonato Gang chegou ao fim. O vencedor já era conhecido a algum tempo.
Apesar de alguns terem tentado contrariar, poucas ou nenhumas alterações aconteceram no final.


PARABÉNS AO FILIPEPC PELA VITÓRIA

Abaixo vou publicar mais algumas curiosidades do campeonato deste ano, ficando para um post futuro mais algumas estatísticas.


CAMPEÃO DAS GRADES
(em percentagem)

ROCHA

MAIOR NUMERO DE GRADES

SANTOS

TABELA GANG SEM A OBRIGATORIEDADE DAS 24 PESCAS

O proximo campeonato já está em andamento, mas só iremos publicar algo assim que todo o regulamento esteja definido.

THE GANG

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

ROBALO AOS PÉS

ROBALO AOS PÉS



Boas a todos.

Tenho feito cada vez mais estas escapadelas ao spinning. A logística é pouca ou quase nenhuma basta agarrar no material, uma garrafa de água e fazer-me à estrada.
Aproveitando o mar caído e uma maré baixa por volta da meia noite, resolvi ir até um spot que com estas condições pode sempre dar uns peixinhos.
A ideia era pecar no máximo 3 horas, 1 da vazante e 2 da enchente. Até porque no outro dia tinha passeio bem cedo com os miúdos.
Cheguei parque de estacionamento, vesti os vadeadores, e rumei ao pesqueiro. Mas quando me começo a aproximar o mesmo estava cheio de malta a pescar ao fundo. Então tive mudar logo para o plano B que já tinha delineado.

O spot do plano B não tinha ninguém à pesca o que me permitia bater todos os fundões e bater uma área maior. A ideia era andar o máximo em cima dos cabeços e lançar para trás dos mesmos ou na diagonal para os fundões.
Lançamento atrás de lançamento e já tinha explorado bastante o mesmo cabeço e fundão e sigo para outro. Mas neste outro não sentia tão bem o trabalhar da amostra e começo a voltar para o outro. Isto sempre dentro de água e sempre a lançar.

Já em cima do cabeço onde tinha estado primeiro e faço um lançamento e já estava a pensar enquanto recolhia que ia trocar para uma zagaia a ver se o peixe andava mais distante. Já no final da recolhida e com a amostra a dar já algumas cabeçadas na areia, a 3 metros de mim com mais ou menos 40 cm de água um enorme SPLASH (que me ainda me assustou) e zás, cana dobrada e peixe ferrado. Posso-vos dizer que nem me lembro de dar ao carreto, o peixe atacou tão perto de mim, que apenas tive de ir recuando até uma zona seca para deitar a mão ao robalo.
Coloquei-o no saco e voltei à carga. Ainda tive mais um ataque mas este não ferrou.



Posso-vos dizer que foi bastante engraçado a maneira como este robalo atacou, pois a amostra já vinha a dar cabeçadas na areia, e eu já estava a levantar a ponteira da cana, pareceu quase um ataque a um passeante. O mais provável era o robalo já vir atrás da amostra à algum tempo e assim que viu que estava a ficar sem água atacou.



Grande abraço e até breve.

Material:
CANA: Shimano Nasci 2.70m
CARRETO: Shimano Biomaster C5000 FB
LINHA: Sufix 832 0.19
AMOSTRAS: MaxRap FHC


GUILHERME

segunda-feira, 2 de outubro de 2017

SPJ....WICKED AMBERJACK SEASON



Boas Pessoal...



Pelos vistos a época dos Amberjacks chegou mais cedo este ano e os estragos já começaram..hahaha

Desta vez decidi fazer um video na técnica de SPJ para nunca me esquecer de todos os momentos maravilhosos que estes peixes me proporcionaram desde o dia em que os conheci.

A verdade é que muitas das vezes nos esquecemos do mais importante na pesca, que é divertimos-nos e lembrarmos-nos da razão pela qual amamos este desporto que é a pesca e o mar.


Espero que gostem e por em cima se divirtam um pouco. A pesca não é feita de pesos e troféus mas sim de momentos, são esses que nos ensinam e nos fazem rir, chorar, berrar, pensar e ser feliz por estar vivo e de querer viver.


                               Um grande abraço e até breve

                                              Luís Malabar