Os nossos amigos

segunda-feira, 27 de abril de 2015

( Surfcasting) FESTIVAL de Robalos

Boas.




Muitos não imaginam o quanto anseio muitas noites em casa pelo dia em que posso ir fazer uma noitada. Por todos os motivos esta é a pesca mais difícil de eu ir fazer da maneira que gosto. Hoje em dia ir a praia tornou-se mais do que o amor que sempre assumi ter por esta modalidade, de longe a minha preferida... Hoje em dia é uma pesca que me serve ainda mais para relaxar da semana de trabalho, do cansaço, do stress, enfim, ir ao surfcasting tornou-se uma forma de estar. Mas só gosto de pescar na praia de noite, e por isso ir ao surf obriga a muitas horas, a passar por vezes 24 horas fora de casa, entre a viagem, a pesca e a volta. Duro. Muito duro. E a semana não pára... No dia a seguir, há que estar pronto para mais uma semana...

Por isso eu e alguns do Gang fazemos um esforço para ir fazer o que tanto gostamos.





A escolha recaiu na Costa Alentejana para mais um Sábado de pesca, o mar estava intermédio, com 1.5 mt. e com aguagem de 13. Previsões porreiras, não as que mais gosto, mas mesmo assim já muito efectivas.

O Inverno foi tão fraco, que tem sido por esta altura que andamos a fazer uns peixes... Por isso havia fé. Nesta investida fui eu, o Guilherme, o Nuno C. e o João da Arruda, sim o Numberone...

O ambiente já sabem... É o caminho a falar das pescarias, das grades, da bola... Enfim... O normal, sempre com aquele ambiente, que me dá tanta força. É muito bom estar com quem nos trata bem e nos faz bem...

Ao chegarmos a praia, mar muito bonito, a rebentar a uns 30/40 metros, o suficiente para meter lá fora sem problemas. Fiquei na faixa esquerda com o Guilherme e o Nuno e o João foram para a direita...

A pesca começou tranquila ainda de dia e enquanto montávamos o arraial, apareceu a PM para uma fiscalização de rotina. No Surfcasting foi a 1ª fiscalização que tivemos todos. Tudo ok.




O relógio apontava para as 7 horas e as canas já estavam montadas e prontas para o início da faina. Logo nos primeiros minutos o Guilherme apanhou um robalãoooooooooooo... Xiii... Se vissem,... típico de um gradeiro do gabarito dele... Tivemos que fotografar pois não se pode perder estes momentos :). Peixe devolvido para mais tarde regressar...


DUAS CANAS DE ELITE...




O pôr do sol cada vez mais tarde, tira-nos horas de pesca e isso obriga-nos a dar tudo nas horas que temos para pescar...
Com ganas, entusiasmado, de barriga cheia e café tomado, fui a labuta... Canas iscadas, estralhos logo de reserva preparados e iscados, tudo bem delineado...

A pesca começou tranquila, sem grandes motivos de alegria pois a actividade era quase nula... Um ou outro pequeno toque... Nada de relevo e continuávamos a gradar...




As noites cada vez mais custam menos a passar e isso ajuda até na nossa actividade ( se bem que favorece o sesta), trabalhamos mais e com menos sofrimento... As mão já não doem tanto ao agarrar no porta-carretos a noite.

Após o 3º café da noite... O DUELO COMEÇOU!!!

Estava eu sentadinho na cadeira quando a Prime bateu e lá foi o Guilherme a correr... Impressionante como uma cana tubular tão potente marca tão bem o peixe. A Guerra tinha acabado de começar! 1-0 para o Guilherme, um bom robalo... E nem me deixou respirar, já estava a levar 2-0. Novamente uma corrida com a Prime a marca o toque na perfeição... O sacanita começou a gozar-me... E eis que...3-0. Mais um robalo bom... Hmmm... Já nem o podia ouvir...

Segundo o animal... Já nem queria que eu gradasse... Só queria apanhar mais do que eu... Vejam bem esta latosa... Que raio de amigos, só me acendem velinhas!!!




E agora imaginem o que aconteceu logo de seguida... Quando ele fez o 4-0 com a Sky Caster a levar uma valente porrada... Sentado na cadeira parecia um jogador de snooker a observar o adversário a enfiar bola atrás de bola... Sem sequer poder ir a jogo. Outro bom robalo.
Mas felizmente a minha menina acordou... E A Supercore marca finalmente peixe com uma boa porrada... Corri, senti-o ferrado, e foi só trabalhar nas calmas para pôr a seco o primeiro robalo da noite para  meu lado... Do outro lado da praia o Joaonumberone também tinha sacado um... A noite começava a dar finalmente sinal de actividade... Em uma hora e tal já tínhamos alguns peixes cá fora e de bom porte... Excelente. Aproveitando a brisa que estava a passar, aumentei o passo, e tornei a trabalhar de forma mais eficiente. Estralhos preparados para ser só tirar e trocar, isacadas preparadas com requinte... Tudo ao ponto... E a coisa encarrilhou... A minha Sky bateu e lá sprintei... Apanhei o segundo robalo bom para a minha conta, passei pelo sacanita e disse-lhe... Olha que isto não é como começa... Estou te sempre a avisar... lol. Este espírito que temos de brincadeira muitas noite dá-nos força para mais, para continuar, para curtir de uma forma relaxada mas convicta... Acho que se consegue um equilíbrio perfeito que define o que é a pesca desportiva na sua vertente mais lúdica.

E acho que muitas das noites em que anseio por o regresso as areias não é só pela paz que o surfcasting me transmite mas pelo ambiente que normalmente o GANG tem. Sabe muito bem estas pescarias. Muito mesmo.

Bem... Para equilibrar a coisa lá fiz o 4-3 mesmo antes da viragem da maré, já com pouca água e sem grande margem de sucesso. A coisa equilibrou e já o via tremer, lol... Estou na brincadeira, isso não existe entre nós...  Fomos é beber um café que com isto já eram quase duas da manhã...O tempo quando se faz algo que se gosta passa a correr... Incrível, desde os tempo de escola que é sinto essa noção do tempo. As disciplinas que adorava passavam a voar, as que detestava, contava cada minuto a espera do toque para a saída :).

A actividade tinha mesmo baixado muito e estava na hora de reservar energias para a partir das 4 até de manhã quando a água começasse a subir e a dar-nos mais chances de fazer mais algumas capturas.

A noite avançou sem grandes motivos de interesse em termos de pesca, pelo que fomos metendo a conversa em dia, falamos de projectos pessoais, dos filhos, da bola, de coisas quotidianas, que deveriam ser normais, mas com a vida actual acabam por ser raramente uma realidade...

As 4 passaram e nada de actividade e só mesmo as 5 e tal é que a actividade se deu de novo... Já estava a coisa mal parada e estava achar estranho a entrada de água no agueiro que tinhamos a frente não ter entrado qualquer peixe.

Foi assim que tornei a levantar-me da cadeira para o último esforço, o clarear estava a pouco mais de uma hora e era altura de dar tudo por tudo.

Já mesmo a sentir lá ao longe os primeiros sinais de luz eis que a Prime bate e a Supercore também... Cada qual a sua, corremos... Cada um veio para cima com o seu robalo. Mais 2 peixes de qualidade. 5-4. A saca estava cheia. Um alegria muito grande ter noites assim, só com peixe de bom tamanho, sem peixes miúdos, sem estar a matar peixe... só porque sim. Nem sempre isto é possível, essa é a realidade da pesca lúdica, mas pelo menos para mim sabe-me bem é ser desta forma...

E continuei a top... Feliz de ter peixe de bom tamanho, com energias renovadas e com vontade de mais... Faltava uma meia horita para ser dia... E comecei a esticar com mais e mais força...  E logo no lançamento seguinte... O Empate eheheh... A Supercore novamente a facturar...

Estava eu na conversa com o guilhas e diz-me ele... Que ano mau de sargos, já viste que nem um sargo a noite toda... E eu olhei e disse-lhe:

- Mas tu queres um SARGO? Já podias ter dito... Para isso tens que lançar OTG com 284º graus para norte, de forma a bater num buraco que eles têm lá fora... Imaginem a cara dele... Isto na pesca, estas brincadeiras são parte do momento... Como vos explico sempre, nós tentamos viver e construir um momento para mais tarde lembrar.





Claro que ele riu-se com isto... E disse claro... claro..." Vais mesmo apanhar o sargo"...

Obviamente que já perceberam que eu apanhei o sargo de seguida... Imaginem a noite sem um sargo e até o ano em si muito fraco... E de repente... Pimba... Um sargo já bonito... E disse-lhe logo...

- " Estás a ver... Eu não te disse que tinhas que lançar os 284º a norte!!!"

E tornei a meter na mesma zona e... Outro sargo, este mais pequeno... Mas lá vieram dois...

O dia estava já a nascer... E dei ao pedal... Era os últimos cartuchos... E dei-lhe com toda a força... Canas lá bem fora a procurar o peixe longe... E novamente a Supercore a bater, uma corrida e mais um belo robalo...

Enquanto gozávamos um com o outro vejo a Sky beter e afrouxar a linha e já sabia que tinha lá outro peixe... Mais um, este mais pequeno... Como digo sempre... Isto não é como começa... Mas sim como acaba...

Do outro lado a coisa não foi tão forte... O João tirou 2 robalos e o Nuno desta não se safou. Calhou-lhe a ele pagar o pequeno almoço...








O GANG cansado tirou umas fotos para a propriedade... E casa. Duro, duro... Mas tãoooo saboroso!!!

Uma bela noite de surfcasting, ao meu gosto... Como sabem estou sempre a dizer-vos... Não preciso trazer 50 peixes, não pesco para tal... Pesco para trazer meia dúzia de peixes minimamente aceitáveis, e claro, quando consigo e vejo os meus amigos a conseguirem, um sorriso aberto é a melhor forma que encontro para descrever o tal "Momento".

Estou todo partido, dói-me o corpo todo, de tanto andar pelo areal a noite toda, de subir cabeço, descer cabeço, subir cabeço, descer cabeço, subir cabeço... Mas psicologicamente uma pessoa revigora, sente-se melhor, mais forte... A saudade já cá está dentro... E ansiedade pela espera da próxima já se sente...

Amigos, só podemos ser felizes a fazer na vida o que nos faz sorrir... E junto a amigos... Não posso pedir mais... Sou um felizardo.

Ah... Calha a todos, lololol...





Material:

Canas: Vega Supercore, Vega Hellion Evolution, Barros XK(2), Barros XT, Daiwa Prime Caster, Daiwa Sky Caster, Daiwa Sky Caster Hybrid (2)

Carretos: Shimano Bull´s eye XT (2), Shimano Bull´s eye 9100 (2), Shimano Aero Technium XSB, Shimano Spin Power, Shimano Ultegra XSC (2), DAM Quick.

Linhas: Yuki Kenta, Cinnetic Sky Line, Shimano Sufix 100% fluorocarbono, Seaguar FXR, Vega Potenza ST

Iscos: Casulo, Borracheira, Ganso nacional, Caranguejo 2 cascos, ameijoa branca.



FilipePC, Guilherme, Joaonumberone, Nuno C.

sexta-feira, 24 de abril de 2015

PEGAS PARA CARRETOS E ANILHAS DE DRAG EM CARBONO...

Boas.

Recentemente um amigo meu farto de ver novelas mexicanas da parte da tarde e filmes bola 0 a noite toda decidiu aproveitar o jeito que tem para fazer umas coisas engraçadas... Como ele diz... Coisas que se põe a fazer...


Pessoalmente sou dos que detesta a maior parte das pegas dos carretos e a afinação de muitos carretos... Aqui podem ter a ajuda que precisam... Para quem quiser visitar e precisar... Fica a dica. Vale a pena.

http://coisasquemeponhoafazer.blogspot.pt/


PEGAS PARA CARRETOS COM ROLAMENTO OU CRAVADAS








ANILHAS PARA DRAG EM CARBONO




EXCELENTE TRABALHO...