Os nossos amigos

terça-feira, 30 de junho de 2015

O Inverno está a chegar...



Boas pessoal..


Com o fim do verão e o já com dois meses passados desde o inicio do cacimbo, a procura pelos pungos e os outros peixes aumenta. Mudam os peixes, mudam-se as armas...passamos de chumbo para plástico...hehehe.

Felizmente este ano arranjei um sitio para poder pescar com vinis aos pungos...uma pesca que já fazia em Portugal muito antes da azáfama que se vive hoje em dia às corvinas. Simplesmente a diferença de Portugal para aqui é só o terreno....Pedra, redes já velhas agarradas a pedra, cabos e metal!!!...podem ver que não é um sitio confortável para se usar fateixas acopladas aos vinis...hahaha...até os black minnow sem fateixa ficam presos lá embaixo....uma desgraça!!.

Mas como tudo na vida, aprendemos e evoluímos em como tirar peixe daquele destroço perdendo o mínimo de material possível. E isto significa colocar o barco no sitio preciso e apertar um bom bocado o drag para não dar hipótese ao peixe de correr para lado nenhum, a não ser na vertical..hahaha.

Claro que até aprendermos a perca de vinis é uma constante. Por exemplo, ao inicio aparecia na sonda o que parecia ser uma bola de comedia e no meio dela e por cima os peixes...mas o que parecia ser uma bola de comedia na realidade era uma ou mais redes presas no topo do destroço, que com o tempo vai criando vegetação que atrai os outros peixes. O problema era quando o vinil chegava ao fundo, nem os BM vinham para cima!!....após 8 vinis que foram à vida, aprender como pescar naquele pesqueiro, lá consegui ferrar alguns peixes...:-)

Claro que nada de especial, mas já tinha saudades de tirar Corvinas, neste caso pungos, com vinis. Em vez de ser só ao trolling. A verdade é que também perdi alguns peixes à pala dos BM, nada que eu já não soubesse mas com aquele terreno extremo a possibilidade de perder o vinil era menos, sendo que a gota de água foi um pungueto que devia ter uns 15 kilos já à tona de água!!!...desferrando-se antes de o agarrar.

Para quem não sabe, já em Portugal, chegava a cortar os anzois dos cabeçotes e só pescava com fateixa acoplada ao olhal do cabeçote. E aproveitava para colocar os ratlings onde ficaria o anzol do cabeçote. Só vos digo que não fugia nada, e depois de ponderar muito, foi o que fiz, pois mais vale correr riscos, do que perder peixe à pala do material. E foi o que aconteceu, a primeira a ir, como é normal...ficou...:-)

Fartei-me de rir com dois pescadores numa chata mesmo ao pé de mim, que só diziam...Chééé...a cana vai partir...hahaha...é normal, pois como só pescam com linha de mão, não estão habituados a ver canas de jigging a vergar...hahaha...claro que a trevalla mal vergou mesmo com o saltiga um pouco apertado...hahaha.


Mas voltando ao dia de pesca, após ter tirado o pungueto e não ver mais nada na sonda, decidi que era altura de trollar para outros sítios. Então percorri 3 zonas e consegui ferrar mais 3 peixes para fechar o dia de pesca. Uma garoupa, um pargo luciano e uma rabeta, todos pequenos mas que animaram o dia, pois para quem faz trolling, sabe que sem toques é uma seca. Mesmo assim é engraçado como as fotos enganam
bastante...hehe..até parece que a garoupa e o pargo são anões...hehehe

Para terminar, ainda tive um peixe bom, que mesmo com o carreto trancado, conseguiu fazer uns arranques e cortar o leader nas pedras, levando um piercing na boca.

Pois é malta, finalmente a temperatura da água já anda nos 18 graus e com ela os peixes finalmente estão a chegar...:-)

Com calma e muita luta, ainda vou ter umas historias para vos contar este Inverno...hehehe.



                                    Um grande abraço e até breve

                                                Luís Malabar

10 comentários:

Pedro Franco disse...

Boas grade Luís,
és um verdadeiro artista da pesca, consegues aperceber-te de tudo o que te rodeia nos pesqueiros, como funcionam, e onde anda o peixe.
Deu para ver que foi uma jornada animada, agora esperamos por novas aventuras já que o inverno promete mais peixe.
Aquele abraço e boas fainas.

Alexandre disse...

Amigo luís bonita pescaria estas sempre afinado.
Grande abraço

Joao Santana disse...

Boas Luís,
A tua hora vai chegar, em breve iremos ver aqui grandes exemplares certamente!!
Uns peixes bons para o petisco:)
Grande abraço e força ai.

Pedro Nunes disse...

Comé Luisão!
Epa manda para cá o inverno também pá, estou farto disto já....
Fizeste aí uma boa mista de monstrinhos :)
Mais uma vez digo que o teu é outro campeonato ...
Parabéns e força aí...
Abraço

Os Pescas disse...

Olá amigo, fico feliz que já tenhas voltado as capturas... Por aqui também está ao rubro... Um abraço com saudades pescador.

Os Pescas disse...

Comé grande Pedro :-) Obrigado amigo e até foi um dia engraçado para começar. Tenho a certeza que este Inverno ainda vai ser melhor que o ano passado :-)

Grande abraço

Luís Malabar

Os Pescas disse...

Obrigado grande Alexandre :-) A luta continua..hehehe

Grande abraço

Luís Malabar

Os Pescas disse...

Comé grande homem dos sargalhoes e dos petiscos :-) Os peixes já vão começar aparecer para a malta curtir um bocado. .hehehe

Grande abraço mano

Luís Malabar

Os Pescas disse...

Grande Lobo :-) Deves ser o único pescador que detesta o verão. .hahaha. deixa estar que não tarda vem o teu inverno..hehehe. Tens que ver os próximos monstrinhos..hehehe

Grande abraço

Luís Malabar

Os Pescas disse...

Grande Filipe, já não era sem tempo. Mas na natureza não se manda, só se pode esperar e ter calma :-)
Ainda bem que tens malhado por ai amigo e aproveita bem esse verão :-)

Grande abraço e saudades

Luís Malabar