Os nossos amigos

segunda-feira, 9 de maio de 2011

Valeu para matar saudades...

Já havia algum tempo que andava para lá ir e no Sábado a convite do Pereira Sénior e do Fragoso lá fui  matar saudades. O local escolhido foi o quintal do “ CIMENTO ” em Setúbal e a pesca seria á bóia, o animo disparou e a vontade de lá voltar era muita, por isso toca a preparar a “artilharia” e ir buscar o isco que estava encomendado.

Já as 21h batiam no relógio quando rumámos ao pesqueiro, a esperança depositada era muita pois neste local tive belas noites de pesca algumas delas com belos exemplares, mas ao mesmo tempo um sentimento de incerteza pois á mais de 2 anos que eu não pescava por ali e não sabia como as coisas andavam.

o Ralo
Mas não há nada como iniciar a pesca e foi isso que eu fiz, cana esticada, bóia calibrada, isco no anzol e vai de iscada para dentro de água, comecei com uma montagem de bóia de correr a 8 mt de fundo. Percebi rapidamente que a esta profundidade não andava o que eu procurava, pois os toques eram ligeiros ou quase nulos e o isco que estva a usar não era para peixes deste porte, Ralos vivinhos era o que tinha para lhes dar, era dos “avôs” que andava á procura.
Mudei então para 10 mt de fundo e a pescar um pouco mais largo e aí tudo mudou, para pior!! Os toques mesmo ligeiros deixaram de existir  e para complicar ainda mais a situação, tinha um cacho de linhas soltas dentro de água ( presumo eu ) que me fizeram perder alguns anzóis.
Enquanto eu estava de volta da minha pesca, os meus companheiros de faina, estavam entretidos numa pesca nemos funda e mais perto da pedra o que lhes ía permtindo capturar alguns Sargos palmeiros que por ali mariscavam.
Mas do que tinha saudades não era isso, queria sentir o que de outras vezes senti, o verdadeiro poder dos Sargo Velho.
Recorri então á minha memória e lembrei-me que em noites como aquela que já tinha passado a ultima hipótese seria pescar ainda mais fundo e ir “ buscá-los “ dentro das fendas e foi isso que fiz, bóia a pescar a 12mt de fundo.

as 3 capturas
Aí sim tudo mudou novamente mas desta vez para melhor, mto melhor! Foram 20 minutos de pesca a fazer reviver velhas memórias, 2 Sargos e 1 Baila.
O 1º Sargo era ainda de bitola pequena mas razoável deu alguma luta mas depressa foi posto em seco, de seguida veio a Baila dar um ar da sua graça, tendo sido tirada com pouco custo.
Mas o melhor estava guardado para o fim, Neptuno sabia que a pesca estava a chegar ao fim e decidiu-me recompensar, bóia dentro de água, boa iscada de Ralo e…
Desapareceu, simplesmente a bóia desapareceu, o peixe estava ferrado. Agora sim, era isto que eu procurava “ um dentuças “, senti que era um bom peixe, forte e lutador como se quer, agora á que trabalhá-lo, drag bem regulado e toca  a tirá-lo do fundo. Deu trabalho e ao mesmo tempo um prazer enorme pois tinha a confirmação que eles ainda lá andam e a forma de pescar ainda é a mesma.

Sargo com 1.160 gr

A noite tinha chegado ao fim ( já muito cansado ) na excelente companhia de 2 grandes pescadores com quem tive o prazer de fazer mais uma faina e com mais um objetivo alcançado, a confirmação que precisava foi adquirida. Em resumo foi o voltar a um pesqueiro que na pesca á bóia me é querido e me fez recordar de excelentes pescarias que por lá fiz.

Material utilizado :

Cana: Hiro Capedo Strong 6mt
Carreto : Banax SI 1300 dxb
Isco : Ralo

Um abraço,
Pedro ( PJPescador )

5 comentários:

Os Pescas disse...

Bom Peixe amigo. Já está mais um velho para o currículo. Parabéns, boa avaliação da forma como a pesca estava a correr. Venham mais. Abraço.
Filipe.

mankate disse...

Belo sargo malandro!

Saudades tuas pá!

grande abraço

Rui Louraça

Rui Urubu disse...

Oi Pedro,

Valeu bem a pena ir matar saudades,já deu para sentir um belo sargo na ponteira da cana!
Boa pescaria e então com amigos, ainda melhor!
Abraço
Rui Urubu

Os Pescas disse...

Oi malta
Desde já obrigado pelos comentários.
Realmente soube bastante bem voltar aquele sitio com uma companhia do melhor que há.
Filipe, quanto á pesca tive que recorrer á memória para safar a grade!
Louraça,para ti um grande abraço e temos que combinar uma pescaria.
Rui, sem duvida uma bela sensação a repetir brevemente.
Um abraço,
Pedro ( PJPescador )

Sergio Fernandes disse...

Olá Pedro!
Já pesquei ai uma vez ,acho que foi um grade.
Bom relato e grande sargo.
Boa continuação.