Os nossos amigos

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

( Bóia ) Sargo e Safia na Piscina

Boas,

Mais uma investida aos esporões para brincar um pouco à bóia...

Durante a semana aguardávamos com ansiedade que o mar pudesse mexer... Mas mais uma vez, o pior dia de todos era exactamente o dia que estava marcado lá ir...

Olhei para o Windguru e vejo mar de 0.7, com vaga de Noroeste, sem vento e com período da vaga de 7 e um frio do catano... Ahahahah! Isto é brincadeirinha pensei.... Nem um peixe apanhamos. Estes valores na minha zona representam mar de piscina, mar tipo Algarve nos dias sossegados... Ou seja, águas abertas, sem qualquer espumagem devido à ausência de vaga, e para piorar o tempo que andava meio tapado, estava a começar a abrir...



Nem me preocupei em arranjar isco... Tinha camarinha congelada, e uns gansos que me tinha sobrado de outra pescaria, e resolvi nem ir apanhar caranguejo... Para quê??? Ainda olhei para os ralos que tenho no congelador, mas pensei... Não sejas parvo, não os gastes neste dia da treta.

Falei com o Miguel, que em meia hora me ligou 10 vezes, enquanto eu dormia, e decidimos ir apanhar ar, foi mesmo assim que combinámos... E ele ainda se saiu com a hipótese de aparecer uma corvina ou outra de jeito lá pelos paredões da Costa, estão a ver??? lololol, Aquelas que por vezes andam de fato de banho e segundo o Miguel... lololol...

Ele apareceu na minha casa lá pelas onze e tal estava eu ainda a comer qualquer coisa, e a preparar o material, e ele foi me comendo as bolachas todas... O rapaz come que até farta... Meto o isco numa geleira dou-lhe para a mão, e digo " Bora lá"... Na maior lá fomos, parámos na bomba, depois num café para comer e beber o meu café da ordem... E chegámos por volta da uma e tal... Saio do carro, monto a cana, e agarro nos sacos...

Quando começo a andar... " Filipe, o saco do isco?" Ia-me caindo tudo... Não podia ser... Epa mas que grande despassarado  Miguel... Então não é que ele se esqueceu da geleira em cima da mesa da cozinha na minha casa!!!

Apeteceu-me apertar-lhe o pescoço! Toca de voltar para trás, toca de ir buscar o isco... Bem, apesar disto tudo que vai acontecendo e que acaba por ser parte de uma jornada de pesca, o ambiente é magnífico e estamos sempre a curtir e na brincadeira...

Com isto tudo toca de ir até ao pesqueiro mas quando chegámos lá a água estava tão parada que resolvemos ir ver de outro mais a Norte... Chegados lá, lol... Ainda pior! Voltar para trás??? Epa estava farto de andar às voltas, já nem me apetecia pescar.

Apesar disso, lá tentei um pouco, mas o pessoal que lá estava e era muito queixava-se que não dava nada, que o pessoal do spinning que esteve em força nem um robalo tirara, e que há bóia só tinha saído um sargo... Mau demais sem dúvida...

Olhando para o mar, apenas o lado Norte estava um pouco escuro, o resto era igual a estar numa piscina, lançar para lá, acho que nem com 0,10mm eles iam atacar...

A primeira das duas horas que pescámos foi penosa... Eu não tive um toque, e o Miguel teve apenas um... Uma tristeza...

Sentei-me um bocado, e quando reparei já o alarve do Miguel marfava uma sandes... Pensei no que fazer... Apeteceu-me arrumar a cana... E ir para o café apanhar ar na esplanada... Mas foi por esta altura que umas nuvens escureceram um pouquito o dia e se fez Luz para a pesca. Bem não foi bem luz, foi mais um pequeno raio, pois o pessoal pôde tirar meia dúzia de peixes entre todos os que estavam no pontão, e éramos uns 15!

Foi do lado Norte que saiu o primeiro sargo e de bom porte a um conhecido nosso. Peixe para 700 gramas mais ou menos... Logo de seguida ele perde outro já perto dos pés, e vejo o Miguel a ferrar um e a trabalhá-lo com alguma dificuldade. Boa luta que deu, tirei a cana para ele trabalhar o peixe.
Apesar do dentuças estar cheio de energia foi com gosto que o vi tirar um belíssimo sargo para cima da pedra... Cá estava o peixe que procurávamos. Ao menos um, neste dia tão mau para este tipo de pesca...
Logo de seguida saem dois sargos bons do lado Sul, onde eu estava e de seguida ferro o único peixe destas duas horas de pesca, uma safia bem lutadora, que me proporcionou um bocado de prazer no meio deste dia... Já não era má...

Só que a Nuvem passou, o sol trouxe o fim da pesca, e as águas ficaram por todo o pontão abertas, abertas... Restava arrumar o material e ir para casa. Um a um, toda a gente ia arrumando as suas canas e parecia a rumaria rumo ao parque de estacionamento. Era hora de despedir da malta e ir para casa.

Duas horas de pesca num dia péssimo para a bóia, com as piores águas que vi este ano até à data, ainda piores que na última vez...


Resta sonhar com dias melhores... Até lá vamos apanhando ar, pois nem as corvinas compareceram...lololol...


O Miguel com o matateu dele...



Material:
Canas: Cormoura corstrong 6 mt.; Tubertini Linea 6 mt.
Carretos: Shimano Twin Power FB 5000; Shimano Biomaster FC 5000
Linhas: Sufix 832; Sufix 100% Fluorocarbono; Máxima 100% Fluorocarbono
Iscos: Ganso nacional; Camarinha

Filipepc e Miguel Candeias

4 comentários:

C.Morais disse...

Por momentos assustaste-me quando li isto:

"Ele apareceu na minha casa lá pelas onze e tal estava eu ainda a comer qualquer coisa, e a preparar o material, e ele foi me comendo as bolachas todas... O rapaz come que até farta... Meto o isco numa geleira dou-lhe para a mão"

E depois quando li isto temi o pior....

"Quando começo a andar... " Filipe, o saco do isco?" Ia-me caindo tudo... Não podia ser..."

Eu já estava a pensar "querem ver que ele morfou o isco também?! :O" mas vá lá, estava enganado :)

Melhores dias virão, é preciso é lá ir....E sempre de olho nas "corvinas" :P

Abraço!

Os Pescas disse...

É verdade C. morais, até eu tive medo que ele comesse o isco, lol.
Um abraço.

Os Pescas disse...


Comé isso amigo..:-) O puto anda a sonhar com as corvinas..hahaha..não deve ser é peixe, mas outra coisa..haha.
Ao menos deu para desanuviar e apanhar ar..:-)
Para a próxima fica tu de olho no isco, sem falar na comida, mas enfim!!!..:-)

Um grande abraço para os dois

Luís Malabar

Os Pescas disse...

Sim tenho que ter sempre olho em tudo... A vida ensina, e ele vai aprender a maneira dele... Abraço Luís.