Os nossos amigos

quinta-feira, 8 de outubro de 2015

Pesca ao fundo com linha de mão...


Boas pessoal...


Espero que estejam todos bem e a pescar muito...:-) Principalmente a divertirem-se com os amigos à pesca por esses mares fora.

Por aqui a pesca ao trolling tem sido muito fraca mesmo....com a catrefada de redes e aparelhos por todo o lado seja de dia ou de noite. Tem impossibilitado por completo a pesca, e como não ando nisto à 2 dias, só pela temperatura da água que se tornou demasiado baixa para a actividade do peixe e as redes, só um maluco é que perderia tempo e combustível ao trolling.

Por isso, decidi mudar de pesca...hahaha....algo que já não fazia à muitos anos...hahaha...sujar-me com sardinha fresca para pescar ao fundo...ai mãe!!!

Mas para completar a pesca ao fundo...pela primeira vez, experimentei deixar as canas de lado e usar apenas uma linha de mão..:-)

Posso vos dizer que se torna menos cansativo do que a cana e sempre se poupa o material para quando começar o verão..:-)

Além disso, depois de apanharmos o jeito, posso vos dizer que dá um grande gozo pescar e sentir o peixe desta forma..

Aprendemos também a usar as nossas mão como se fosse o drag do carreto, para controlar a força do peixe e posso vos dizer que é muito louco...hahaha.

Para completar estas pescas, eu conheci dois rapazes impecáveis que amam pescar e na pesca ao fundo são duas máquinas...hahaha...deixavam qualquer pescador profissional de pesca de embarcada envergonhado...hahaha.

Como eles pescam, eu não sou capaz....são baixadas com 15 a 25 anzóis sem contar com mais de 100 metros de linha no chão...hahaha.

Eles usam 3 anzóis grandes iscados com meia sardinha perto da chumbada e os restantes para cima, são anzóis mais pequenos para o peixe pequeno e médio. E depois vão adaptando o material à medida do peixe e da forma dele comer.


Eu como não tenho paciência para pescar peixe mais pequeno, uso uma baixada com 4 a 5 anzóis grandes, sempre iscados com meia sardinha ou inteira. Quando bate é sempre peixe grosso...hehehe..

Claro que eles também tiram, mas têm sempre a vantagem de ir tirando os outros peixes.

A pesca ao fundo por mais fraca que esteja nesse dia, dá sempre qualquer coisa. Seja peixe mais pequeno ou até um ou outro peixe grosso.

A pesca tem sido feita entre os 80 e os 115 metros de profundidade


Apesar de não dar noticias já algum tempo, tenho ido ao mar sempre que possa, e o peixe que temos tirado, varia entre cachuxos, parguetes, chernes, garoupas, burros, canelas, corvinas entre outras espécies.


Eu apenas tirei estas fotos, mas já dá para terem uma noção do tipo de peixe que apanhamos e o normal de pescado que geralmente tiramos.


 Neste dia ficou por tirar a foto à outra caixa que já estava dentro do carro...:-)

Mas não tarda o verão chega e os meus pelágicos, vão sofrer...hehehehe....mas até lá vou-me divertindo com os meus dois amigos na pesca ao fundo...:-)

Prometo não demorar tanto até ao próximo relato amigos e com mais aventuras...:-)

Até lá um grande abraço e divirtam-se que é o mais importante meus amigos.

                                  Luís Malabar

6 comentários:

Pedro Nunes disse...

Comé Luisão!
Tens sempre uma escondida na manga ;)
Pescar com linha de mão com esses anzóis todos e a essa profundidade não deve ser tarefa fácil...
Há por aí peixes com nomes que nunca tinha ouvido falar :)
Parabéns pela pescaria...
Abraço e força aí.

Os Pescas disse...

Como sempre muito bom, a pesca e o relato. Temos saudades de ver as tuas pescarias amigo, vai dando notícias. Um abraço do tamanho do mundo.

Joao Santana disse...

Viva amigo Luís,
É paletes de peixe, ahahahahaha.
É mais um tipo de pesca que podes adaptar, quando não conseguires fazer as tuas artes:)
É uma pesca parecida ao do Goraz por aqui, só que aqui é com carretos elétricos, ahahahah.
Por acaso a 20 anos atrás, pescava muito ao goraz, com um senhor que me levava muitas vezes, eu pescava a cana, carreto normal e ele a mão, era uma maquina a apanhar gorazes e pargos, um dia tirou um pargo com 12 Kg , usava essa técnica dos teus amigos.
É pena não registo de fotos, era pescas lindas:), chegava-mos a ir a lota despachar o peixe, coisa que na altura era permitida por um pescador lúdico:) velhos tempos.
Grande abraço e força ai.

Os Pescas disse...

Comé grande Pedro..:-) Um gajo tem que ter sempre outras opções na manga, senão tem dias que está lixado..hahaha.
Mas graças a deus que tem corrido bem, de uma forma ou outra o peixe sai cá para fora..hehehe.
Acredita que com linha de mão se torna mais facil do que com cana, e ao mesmo tempo se torna muito divertido, a usar as mãos e a nossa sensibilidade como se fosse um drag de um carreto :-)
Obrigado meu amigo e espero que o Inverno te traga muitos bichos maus..:-)

Grande abração mano

Luís Malabar

Os Pescas disse...

Grande João...hehehe..um gajo tem que se adpatar senão tem dias que não funciona...hahaha..é muito giro pescar com linha de mão mano e dá gozo, além do que o material também descansa para depois bombar...hehehe.
Deve ter sido um bom professor o senhor com quem ias amigo, e mais importante que as fotos, são as memórias que ficaste desses dias de pesca, amizade e aprendizagem..:-)

Obrigado mano e aquele abração

Luís Malabar

Os Pescas disse...

Meu grande irmão Filipe..:-) Obrigado e espero demorar menos tempo até fazer outro relato para a malta curtir..hehehe.

Até já e aquele abraço com muitas saudades

Luís Malabar