Os nossos amigos

terça-feira, 6 de outubro de 2015

( surfcasting) DOIDAS POR MARY!!! 36 horas de loucos


Boas...

O windguru passou a semana toda a fazer das suas, entre trocas e baldrocas foi um ver se te avias...


Quem não se lembra da Cameron Diaz em 1998???
Ai ai ai...

Estávamos a ver que não se pescava... Atrasou o temporal de tal maneira que nos estragou a pescarias as douradas de barco, e o Surfcasting da noite de Domingo para Segunda... Até o de Sábado para Domingo ficou em risco... Decidimos ir portanto de Sexta para Sábado...

As saudades de fazer aquele caminho eram muitas... Juntar alguns membros da malta foi muito bom.




Ir no carro com o João e o Soares é sempre o máximo, fomos o caminho todo a "ratar" o Salgadinho e o seu fantástico PAPEL COMERCIAL. Se algum emigrante vir o relato que nos desculpe, mas é o país o que temos, ao passar por aquelas herdades construídas com o dinheiro de milhares de emigrantes é impossível não pensar na magnitude da vergonha que esta gente tem na cara...

As nossas falas eram típico de um episódio dos batanetes. O Soares e o João a declamarem são um MUST!!! Melhor que muitas peças de teatro que já fui ver...

A parte disse não conseguiram vender suficientes papéis comerciais pois uma parte do trajecto ficou por alcatroar, mas saliente se a boa escolha do empedrado ao invés do alcatrão, este muito mais poluente e danoso. Um fartote o caminho a imitar as conversas da Família Salgadinho e da sua infinita habilidade para a magia do papel comercial. Parece que foi só 1.8 mil milhões de euros em papel comercial... Xiça muito cuzinho foi limpo!!!

Mas vamos falar é de pesca que já me desviei dos anzóis!!! Enquanto íamos a caminho do spot pensava no isco que não arranjei provavelmente o único dos que quis levar... Mas como era apenas dia para tornar a lançar umas canas e tanto que eu precisava de ouvir o mar, nem me importei...

Sabia que ia estar um mar chão o que não augura nada de bom naquele spot, mas como antevia uma tempestade, epa... Podia ser que...

Chegados ao spot, 5 carros... Comecei logo a ver que as 10 da noite depois de um dia de trabalho ainda ia ter que andar mais 2 km. pela areia... Ao visualizar a praia era uma árvore de natal completa. Muito bonito sem dúvida... Restava andar um pouco pela praia... Até tendas se viam por la...

Com a gana de pescar foi andar até ser preciso e montar a tralha para começar a pescar. Comecei com americana e caranguejo, não tinha a Mary comigo Infelizmente, não te tinha Mary.

... Quando olhei para o relógio eram 23h. e só aí me sentei com as canas já na água para jantar e depois beber um cafézinho daqueles do Guilherme. Já tinha muitas saudades...

A coisa até prometeu... As canas estavam estranhamente instáveis, pois sem mar e aguagem nada o fazia prever chegando a imitar pequenos toques de peixe... À distância era muito difícil ver a coisa...

Numa dessas vezes lá achei que era peixe e disse ao Guilherme e ele lá foi ver da cana enquanto eu fui ver outra minha que também tinha abanado... Vejo-o a trabalhar o peixe com cuidado e lá lhe dei luz... e sai a primeira dourada... Bem bom... Ao agarrar na minha cana sinto um peso e tiro uma baila... Maré vazia, e com actividade, era bom sinal, tivemos ali uma hora e tal a sentir uns toques mesmo sem aquela loucura ou actividade, até porque o peixe era pequeno, mas de grande intensidade... Entre toques, lá vem mais uma baila na Elite, e logo de seguida tiro outra na Sky...

A coisa prometia mesmo, com a subida da maré a ideia era que o peixe ia encostar e nos brindar com uma pesca magnífica. Era perto de uma da manhã quando me tornei a sentar para empatar uns anzóis e preparar as iscadas a fim de não perder tempo na troca de iscos.

Bebeu se mais um café, o Soares e o João vieram ter connosco e do lado deles estava mais fraco, o Soares sem nada e o João com um sarguito pequeno.

Por falar em sarguito, a nossa amiga raposa apareceu e lá se teve que dar uma corrida atrás dela a ver se percebia que com o GANG ninguém se mete... Feliz animal que vive numa herdade daquelas paga com o papel comercial... Ai cala-te boca!

Estava o Guilherme a tirar a cana dele e a trazer uma baila engraçada quando vejo uma grande pancada na Elite e vou recolher... Um sargo de 300 gr.. Tanta coisa, que força numa pancada para aquilo! Para que é que fui sprintar... Pouca sorte. Bem a saga continuava e a maré ia subindo...

Eu tinha escrito que e tal a maré a subir ia trazer peixe e tal? Epa esqueçam... Sem qualquer tipo de explicação nem mais um toque. Nada. Durante ali umas 3 horas nem um toque tive na cana, as iscadas iam e vinham iguais, tal e qual. Assim é complicado. O cansaço era muito, tanto que o Guilherme ferrou no sono e andei a ali a tratar das canas dele e das minhas. Já nem sentia as pernas...

Então não é que quando me sento finalmente vejo a última cana a dar um toque pequenito... Espera aí que já lá vou!!! Que se lixe. Sentei me comi, o Guilherme de boca aberta ia dormindo... E juntei me a festa. Vesti outro casaco que tinha eram quase 6 da manhã e deixei me estar...

...
...
...



Acordei com a luz, já era de dia, perdi o lusco fusco que tanto gosto para pescar... Mas enfim, nem dei por isso... Era ver a malta toda a acordar pela praia. Foi mal comum, a falta de peixe e o dormir...

Já percebi porque é que tantos pescadores levam as tendas!!!




O tal toque que tinha visto umas horas antes, era real e lá vinha uma baila com meio quilo de areia na boca. Miséria.



Tentámos ainda um pouco e por mim até tinha ficado a tentar mais uma dourada ali na parte da manhã, mas a malta estava cansada e sem pica. O João tinha tirado duas bailas e o Soares nadinha...






Lá se arrumou a tralha...Lá se veio beber o café matinal e pequeno almoço como sempre ao mesmo café e lá fomos durante breves minutos a cascar no Salgadinho e no seu papel comercial...

Digo, breves minutos porque só me lembro da fazer os primeiros quilómetros o resto... RRRRRRRCHHHHH, RRRRRRCHHHHH... Eu e o João fizemos uma soneca...

Mas voltando um pouco atrás... Antes de adormecer fiz um telefonema a outro membro do GANG a saber se sempre tinha ido a pesca e sim, estava já no pesqueiro e com dois parguetos... Disse-lhe que já falávamos... Ainda tentei convencer o Guilherme a deixar me lá...

Quando acordei estava a chegar ao Fogueteiro, portanto perto de casa. Tinha uma dor de cabeça e o corpo todo partido... Começamos a tirar a tralha para ir para casa e ligo lhe... Tinha as coisas nas escadas vou me despedir da malta e enquanto falava com ele o meu corpo foi acordando e as dores passaram a motivação... OIlhei para eles e disse... Não vou? Não vou??? Vamos ver se não vou...

Agarro na tralha de novo, tudo para dentro do carro... Até já amigo vou aí ter...

E meio zombie, mas com ganas de pescar lá me fiz a estrada de novo...

O que a motivação pode fazer a um gajo... Levantei me Sexta as 7 horas da manhã, já eram 12 horas de Sábado e sem ir a cama, decidi ir passar umas horas com outro grande amigo do GANG.

Chegado lá foi dar um forte abraço ao pescarreta e um beijinho a Rita e ir montar a tralha... Ele já tinha uma pesca muito engraçada. Uma pesca variada e com grande nível.

Lancei as canas e fui beber um golo de água... Ele só se ria e dizia:

- " Ganda maluco... Como é que estás em pé? És um ganda maluco..."



Sabem que poder estar com quem gostamos é sempre motivador... Mesmo sem a Mary comigo, continuei em busca do que tanto gosto de fazer. Estar a pesca.
E lançava, lançava... Que saudades... Acima de tudo de estar ali relaxado sem pensar em horas, em compromissos, em responsabilidades... Tinha o dia por minha conta, chegasse quando chegasse...



Enquanto estava a armar as minhas canas ainda vi as do Emanuel a baterem umas 3 vezes, saiu um sargo e um peixe porco...

E eles deviam andar por lá pois tivemos algumas linhas todas traçadas o que adivinha serem eles.

Estava o Emanuel a tirar o dele e quando agarro na X6 sinto peso e começo a recolher, um sargo já jeitoso...

Após aquela primeira hora mais mexida, fraquejou... E lá nos sentámos na galhofa... Fomos pondo a conversa em dia.

O melhor da vida é isto mesmo, além de ser o máximo ver a filha dele a pescar ao nosso lado. Um gozo, ela lança, recolher, tira o peixe... Muito bom. Olhem que ainda tirou ali a beirinha, um robalito, um aranha e dois sarguitos... lol...

Tivemos ali a apreciar o tempo a mudar a SUL, a ficar tudo encoberto, sentadinhos que era uma maravilha. Lá fomos trocando as icadas que só vinham comidas na mary e no americano...



Nisto chega o João e vai para a minha esquerda e assim que lança com a mary... Nem 5 mn. esperou...
Uma linda dourada quileira. A coisa prometia e lá fui iscar bem as canas de novo, tal e qual o Emanuel que tinha a Mary a acabar...

Levo uma mocada na Elite e vou agarrar, sinto peso... Uma linda e boa choupa, estão tão gordas... O peixe está muito bom nesta altura...

Iscou se e tal... E lá nos fomos sentar... O João entretanto foi dar um salto ao carro e ficámos a tomar conta da cana dele... Estava o Emanuel a falar já nem sei com quem, lol, quando vejo a cana do João dar uma valente mocada... E de seguida outra, e outra...

Emanuel, a cana do Joãoooooooooooooooooooooo... AUUUUUUUUUUUUUUUUUUUU!!!



E ele começa a sprintar direito a cana, eu fui logo atrás... Assim que ele agarra vemos que é uma boa dourada, peixe com força deu ali uns segundos de luta... Peixe a seco, lindo peixe...

E vai de voltar ao acampamento...

Nisto vejo o João, vou ter com ele e digo lhe epa... Nem sabes, xiça... A tua cana e tal, grandes mocada, peixe ferrado, o raio do Emanuel não sabe trabalhar um peixe, olha mesmo a borda perde um douradão!!! E ele sem acreditar, e eu a tentar convencê-lo... A sério João, olha a tua cana, está fora de água, era boa a dourada, um douradão, ele quis tirar a bruta, deixou a fugir...

Ele novamente... Na!!! O Emanuel não ia perder a dourada...

Sem o querer fazer sofrer mais... Disse-lhe... Vai lá ver, está na saca. Grande Mary!!! Isto tudo por ela. E vai de ir outra Mary para a água...

Logo a seguir vejo novamente a cana do João a bater e gritei-lhe ao longe...



Nisto liga-me o Miguel, andava a passear com a "maria" e foi nos fazer uma visita... Demorou, mas chegou e trouxe-nos a praia um cafézinho quentinho!!! Xiça, que CALIDAD!!!



Estava o Emanuel na conversa e vejo a cana dele dar uns toques tão pequenos, mas tão pequenos... Fiquei a olhar para ela e tal, mas como não continuou fui me sentar... Fiz lhe sinal para estar atento e a cana torna a mexer ligeiramente... Ele agarra a cana, peixe ferrado... Ela as mocadas, e ele a trabalhar com calma... Ali já a uns 20 metros desferra... Grrrrrr... Faz parte da pesca esta luta. Ganha-se, e perde-se. Peixe mal ferrado, devia vir pelo beicinho, mesmo sem dar safanões que justificassem aquela perca, a verdade é que lá se foi...



A primeira coisa que ele disse sem ser umas asneiradas, foi... ERA A ÚLTIMA MARY!!!

Última ou não, a verdade é que a actividade acabou... O tempo Sul estava cada vez mais em cima de nós e continuámos a insistir mas sem resultados. O João arrumou e passado um pouco nós também fomos arrumando...

36 horas depois começava a imaginar a minha banheira cheia quentinha e depois a minha cama linda... Era 19 horas quando nos pusemos a caminho... Arrumar, não arrumar, chegar a casa, descarregar a tralha... Devia ser umas 21 quando me deito na minha banheira... cheia de espuma e quentinha... Xiii... Que maravilha... Estava pedrado de cansaço. Tinha o corpo todo partidinho... Precisava de cama... Sem dormir a quase duas noites, isto já não é como aos 18 aninhos. Agora já doi...

As douradas andam Doidas por Mary, parece que não pegam em mais nada!!!

Fechei os olhos e até dormi enquanto tomava banho... Nisto oiço a porta era a minha mulher...

Estava a dormir tão bem...

Abre-me a porta da banheira e vejo-a a tirar a roupa!!!... E digo-lhe a tentar disfarçar a situação, a fingir que não percebi!!!

Epa môr isto não dá para os dois, estou a ver se relaxo um pouco para ir dormir...

E ela olha para mim e diz-me:

- Estás a 36 horas sem aparecer em casa.
  Julgas que é só pescar!!! PIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII


Até breve ;). Espero que tenham gostado.

Faltam as duas douradas e um sargo do João nas fotos.










FilipePC, Emanuel, Guilherme, Joaonumberone, Soares, João Varzielas

4 comentários:

Casqueiro disse...

Ao menos podias dizer que isco e esse:)

Os Pescas disse...

E dizemos, claro. Mas temos que deixar que a malta pergunta, lol.

Borracheira amigo.

Casqueiro disse...

Lol..devia ter apostado, era mesmo isso. O meu isco de eleição também. Obrigado.

samuel lopes disse...

Grande BLOG!!!!! Estou a adorar!!! Grande pescador amigo, estou a aprender bastante! Grande abraço,
Samuel