Os nossos amigos

quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

( JIGGING) Dia duro de Jigging.....



Boas Pessoal....






Depois das férias de Natal em Portugal para ver a família e amigos. Estava na altura de voltar a pôr o barco na água e fazer o que eu tanto amo....pescar....hehehe

Infelizmente o tempo é sempre muito pouco para conseguir estar com a minha família e com todos os meus amigos, mas mesmo tendo sido pouco, foi muito bom..:-)

Fiquei feliz também, por voltar a pescar com dois grandes amigos meus e a um dos peixes mais bonitos do mundo, o Robalo...aquele peixe que me fez apaixonar pelo spinning e que tantas mas tantas alegrias me deu....sem falar no que aprendi com eles!!!....pois foi um peixe que juntamente com as corvinas, me ajudaram e muito a crescer como pescador.


Eu desde que vim viver para Angola, nunca mais pesquei em Portugal. Já faz 3 anos desde o ultimo peixe que tirei em Portugal, e depois de termos ido à pesca nesse dia, voltei a sentir os meus amigos robalos...:-)...Voltar a pescar estes peixes lindos, é sempre um privilégio, mas melhor ainda é estar à pesca com os meus amigos, e juntos passarmos um dia magnífico junto do mar a fazer o que se ama..:-)


Voltando ao dia de pesca....

Eram 9 da manhã, já eu e o meu amigo Celestino estávamos no 1 ponto do dia, para ver se os meus Piazeites andavam por lá...

Após 15 ou 20 minutos, já eu tinha visto que aquele sitio não ia dar em nada, mais valia mudar de sitio até ao ponto 2!!....e para piorar, nem sequer mostrava peixe de fundo ou bolas de comida!!...muito mau sinal!!

Assim que chegámos ao 2 ponto, comecei a sondar e uma vez mais, não se via viva alma nem no fundo nem a meia água!!....muito mau mesmo.....Hummmmm!!!!....tenho que mudar de cota de pesca, pois se eles não andam cá fora, o melhor é tentar ir ver outros pontos mais perto de terra...mesmo assim já estava a ver que era um dia mau para ter ido ao mar.....3 e 4 dia de fim de lua nova, é para esquecer....dass!!....parece que o mar estava literalmente morto!!!

Assim foi, rumei a um dos pontos onde já tinha tirado uns peixes, sendo que um deles tinha sido um bom peixe galo. Para ver se conseguíamos ao menos nos safar com 1 ou dois peixes de jeito.

Assim que cheguei, verifiquei que marcava alguns peixes perto do fundo...menos mal...hahaha...decidimos fundear, para poder fazer slow pitch e ver se safava a pesca..

Ferro para o fundo e ficámos entre duas marcas boas....agora só restava ter esperança e pescar..:-)

A minha escolha recaiu sobre um jig que eu pintei, de 100 gramas rosa/fluorescente com o outro lado prateado, equipado como sempre com dois assists duplos de cada lado do jig. Anzóis leves de patilha de carbono ligados com multi de 100 libras.

O fundo esse, aos 50 metros....mostrava alguns lajões e algas...sitio bom para se tirar alguns peixes de dentro do buraco..:-)

Jig para baixo e passado uns segundos já tinha o primeiro peixe ferrado..:-) Era pequeno mas ao menos um toque para alegrar o dia...hahaha...assim que o tiro vejo que era uma BOGA!!....hahahaha....a coitada nem se mexia, pois para quem não sabe, mal um dos anzóis toca no peixe, mal ele se mexe, os outros ferram-se sozinhos, deixando o peixe incapacitado para lutar...claro que isto só acontece quando estamos a falar de peixes pequenos.

Jig de novo para baixo e pimba, desta vez era um pouco maior...um Parguete...hehehe...ferrado pelos dois anzóis da cauda do jig..:-)

Foi na 3 queda que fiz o peixe que safou o dia...hehehe...com o jig no fundo e após alguns segundos...assim que o jig se coloca na horizontal a cerca de meio metro do fundo em queda, o ataque e a ferragem...ZZZZZZZZZZZZZZZZZZZ..ZZZZZZZZ....este já não é criança...hahaha...pelos meus cálculos, só podia ser uma garoupa..:-)

Ainda demorou 2 ou 3 minutos até o peixe chegar à tona de água mas assim que chegou, tanto eu como o meu amigo podemos verificar que se tratava de um MERO...hehehe...e coitado dele, tal foi a descompressão que até os olhos lhe iam saltando da cabeça...hahaha.


Não era nenhum bicho mau, mas já era um bom peixe e que por sinal veria a ser o único de jeito nesse dia..

Ainda me diverti imenso a ferrar várias espécies, tal como parguetes, cacolocolos, cavalas, carapaus...claro que a maioria deles, vinham cravados em todo o sitio excepto na boca...hahaha...como reza o ditado, a curiosidade matou o gato...hahaha


O dia estava feito, pois não valia a pena perder tempo no mar e energia quando o peixe não quer colaborar..dai termos rumado ao porto para descansar..:-)

Foi um dia bom para testar alguns jigs que tinha pintado, e para ver que acertei nas cores...:-)


         Um grande abraço para todos e até breve pessoal

                                     Luís Malabar




8 comentários:

Pedro Nunes disse...

Comé Luisão!
Vieste passar cá o Natal pa ver se levavas alguma coisa no sapatinho, sabes muito sabes!!! hahhahaha
Estou completamente de acordo contigo quando dizes que o Robalo é um dos peixes mais bonitos, magnifico mesmo...
Tenho ali um porta chaves em madeira parecido com esse jig, se quiseres ofereço-te é só meteres os anzóis e tá pronto pa malhares neles hehhehehehhe
A cara do peixe é de espantado, olhos esbugalhados e boca aberta é porque pensava que ainda estavas em Portugal e afinal..... :))
Parabéns por mais um monstrinho que conseguiste arrancar da fundura...
Abraço e força aí.

Pedro Franco disse...

Boas grande companheiro,
de volta ás lides piscatórias, depois de umas merecidas férias por Portugal.
Depois de matares saudades dos amigos e familia, também duns robalinhos com certeza, lá fizeste o gosto ao dedo e mostrate que não perdeste o jeito, foste feliz com esse belo mero.
Aquele abraço de Portugal e continuação de bons lances.

Joao Santana disse...

Viva Luís,
Mais um lindo mero para o teu palmarés...
Já vi que vieste a Portugal e ainda não te esqueceste de como se apanha os bonitos robalos:)
Parabéns por mais uma ida ao mar relatada por aqui e assim vamos vendo umas fotos de calor, peixe e verão, que eu já tenho saudades...
grande abraço.

Os Pescas disse...

Comé grande Pedro :-). O pai natal este ano foi bem generoso para mim..hehehe..fui um dia ao mar com a malta e ainda deu para sacar uns peixes..hehehe..e trouxe uma coisa nova daí que depois mostro à malta quando tiver montada no barco..:-)
Os robalos são mesmo peixes lindos amigo e continua a ser um dos peixes mais saborosos que se pode comer..hehe
Este Mero morreu mesmo foi de susto..hahaha
Obrigado mano e vamos a eles que a vida é curta :-)

Grande abraço amigo

Luís Malabar

Os Pescas disse...

Grande Pedro :-) Soube mesmo bem ver a minha família e alguns amigos ao fim de 9 meses.
E ainda deu para fazer uma perninha aos nossos amigos robalos e bailas e passar um bom bocado com 2 grandes amigos :-)
Este mero acho que estava à espera de tudo menos de mim..ficou com os olhos abertos quando me viu..hahaha.
Obrigado meu amigo e tudo de bom para ti companheiro :-)

Grande abraço

Luís Malabar

Os Pescas disse...

Comé master dos sargalhoes :-) Andas desaparecido meu amigo :-)
Foi muito bom rever a família e amigos ao fim de tanto tempo. É o que mais custa em estar longe. Mas é a vida infelizmente.
Foi um dia de pesca da treta que até o mero estava surpreendido como é que tinha morrido..hahaha
Já estou a ver que já te fartaste do inverno..hahaha..deixa estar que como veio, rapidamente também se vai embora :-)

Grande abraço amigo e porrada nesses sargos negros..hehehe

Luís Malabar

Os Pescas disse...

Grande captura, para não variar a aproveitares a minha ausência nesses mares para dares tareia aos peixes lol.

Um abraço muito grande e forte.

Os Pescas disse...

Meu grande amigo Filipe :-) Aproveitava melhor contigo ao meu lado a malhar neles..hehehe

Obrigado amigo e aquele abraço

Luís Malabar