Os nossos amigos

terça-feira, 5 de agosto de 2014

( Trolling ) 2º dia a facturar....hehehe



Boas Pessoal....



Depois de quebrar o enguiço no dia anterior, a esperança de não ter sido um acaso era muita, mas para isso é preciso lá voltar. Sempre tendo em conta a hora do dia a que tinha tirado o Pungo no dia anterior.

Claro que há 3 dias ninguém tirava nada se não estou em erro, por isso quando eu apanhei o pungo, a notícia espalhou-se. Nada a que já não tivesse habituado em Portugal, daqueles pescadores que andam sempre atrás dos outros…hahaha..o que também não me incomoda, isto porque eu sempre pensei e penso, que o que é meu é meu e o dos outros a eles lhes pertence.

Mas também sei que o barco que saiu nesse dia e passou por mim quando estava a ir para o ponto, é de um senhor porreiro, por isso até fico contente se apanhar alguma coisa, pois não sou, nem nunca fui egoísta. Aqui à peixe para todos, é preciso é perder tempo e saber procurar. Ainda por cima, este senhor raramente sai, tal como a maioria deles aqui no porto.

Bem, voltando à faina. Eram 9h00 da manhã quando cheguei ao ponto e já estava a outra embarcação ao Trolling com 5 canas. Eu nas calmas comecei por colocar as minhas 3 canas para fazer a 1º passagem.

Entretanto quando eles passam por mim já um bom bocado à frente, vejo que o barco deles pára e vejo-os a mexerem nas canas. Bem, acho que ferraram alguma coisa, pensei eu para mim mesmo. Pelos vistos sim, porque momentos mais tarde falo com o skiper da outra embarcação via rádio e diz-me que tinham tirado 2 pungos.

Dei os parabéns a ele pelos peixes e continuei a sondar a zona, eu e ele, mas pelos vistos é como tem acontecido, assim que se passa por cima do cardume e ferra-se 1 ou mais, a tendência segundo a minha experiencia é que eles dispersam para outros lados. Em grande parte se deve às corridas que eles dão quando ferrados, acredito eu.

Bem, está na altura de procurá-los noutra zona e sair daqui. Principalmente se eu queria que eles voltassem, tinha que sair dali e dar descanso e silencio durante um bom tempo. Além do mais, se eles voltassem seria mais tarde por causa da hora da maré. Mas para isso o outro barco também tinha que sair dali, o que acabou por acontecer por volta do meio-dia.

Eu esperei até às 14h30 para voltar lá, mas enquanto esperava, ia vendo se os encontrava noutra zona mais à frente, o que não surtiu efeito nenhum, nem um toque…
Pois bem, estava na hora de voltar lá e esperar que estivessem na mesma zona que no dia anterior, só que uma hora de maré mais tarde.

Coloco apenas 2 linhas na água desta vez e deixo a que tinha nylon cá fora, isto porque, por mais linha que desse, simplesmente o nylon não deixava a amostra afundar, e cheguei à conclusão que é fundamental pescar com multi.

 Entretanto faço a primeira passagem e nada….vou fazer de lá para cá por causa da maré. Isto acontece muitas vezes, o peixe não ferrar num sentido da corrente, mas sim no outro. Assim que passo num ponto específico que tenho marcado no gps, vejo algumas marcas de peixe pequeno, e ao contrário de Portugal, aqui nunca se consegue ver os pungos na sonda, apenas outros peixes.
O que não quer dizer que não estejam lá e pelos vistos estavam, quando oiço o BG90 a disparar linha feito maluco em corrida…Já estás desgraçado..hehehe…comecei a recolher as outras 2 canas sempre com o barco engatado até que chegou à altura de pegar na do peixe..hehehe.

Anda cá Pungo…:-) E vai de correr e dar cabeçadas até que depois de 3 vindas à tona de água e de volta para o fundo, lá consegui dar-lhe com o bicheiro na cabeça, rematá-lo com a faca, tirar a amostra da boca e puxá-lo para dentro do barco..:-)

Mais um para a colecção…hehehehe.:-)


Depois de o colocar dentro do porão e de dar mais umas voltas só tive mais um que se ferrou mas depois de 3 arranques desferrou-se e nesse caso não à nada a fazer a não ser dizer palavrões…hahahaha…mas a verdade é que eu tinha razão e apareceram novamente na mesma altura de maré do dia anterior, apenas uma hora mais tarde..:-)

Estava feita a pesca. Arrumei tudo e rumei a casa contente e com vontade para voltar no dia a seguir e confirmar se finalmente eles tinham chegado..:-) Mas isso fica para o próximo relato…hehehehe



              Até lá, um grande abraço para todos e até breve


                                        Luís Malabar

6 comentários:

Fernando Pastor disse...

Amigo Luís
boa tarde os meus parabéns pelo exemplar:
gosto muito de pesca mas como a minha zona é de rio, me dedico a essa pesca que não é tão bruta assim mas mesmo assim se apanham exemplares de dimensões bastante elevadas .
a zona que me dedico um pouco mais é zona de Tomar e Constância, Tomar é a barragem castelo do bode onde já ferrei exemplares de 8 kilos, em Constância só consegui exemplares de cinco kilos o que em qualquer dos casos é sempre bom, e como o amigo fala e bem o que é preciso é insistir...um abraço até à próxima ...

Os Pescas disse...


Boas Fernando..:-) Obrigado amigo e para mim o tamanho não importa, mas sim a luta que dão e as emoções com que fico..:-) Peixes de rio com 5 ou 8 quilos, são grande peixes amigo e para si os meus parabéns..:-)

Um grande abraço e muita saúde, que isso é que é preciso :-)

Luís Malabar

Os Pescas disse...

Belo peixe. Mais um grande. Espero que agora seja a altura de rebentares a escala. Fico a aguardar. Um abraço.
Filipe.

Joao Santana disse...

É só um mas é com cada um,ahahahhahahahah, muitos parabéns por mais um lindo peixe, força ai amigo, um abraço.

José Cunha disse...

Boas Luís,
Mais um excelente relato e parabéns pelo excelente exemplar…lindo peixe!

Continuação de boas fainas, forte abraço.

Os Pescas disse...



Obrigado Filipe :-) Pelos vistos eles vieram para ficar. Vamos a ver se bato o meu record este ano :-)

Um grande abração

Luís Malabar